Nova Odessa: Prefeitura usa Kombi como laboratório no combate à Dengue

Veículo adaptado será utilizado no trabalho de conscientização de alunos da rede municipal de Educação

A Prefeitura de Nova Odessa, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde, apresentou nesta quarta-feira (25/03,) a Kombi adaptada que será utilizada como laboratório no programa de conscientização e combate à Dengue que será desenvolvido nas escolas da rede pública de educação municipal.

O veículo conta com microscópio e amostras do mosquito Aedes Aegypti em todas as suas fases. O objetivo é chamar a atenção das crianças para que elas sejam agentes multiplicadores das informações em casa e ajudem a conscientizar a população sobre a importância da prevenção da doença, por meio da eliminação dos criadouros. A ação atingirá 3.000 alunos do ensino fundamental.

Em duas reuniões, realizadas de manhã e à tarde, representantes dos setores da Administração Pública e empresas estiveram no auditório do Paço Municipal para discutir estratégias no combate à dengue. O objetivo é envolver a população na luta contra a doença. Os trabalhos estão sendo feitos em parceria entre o Fundo Social de Solidariedade, a Secretaria de Saúde, com a Diretoria de Vigilância em Saúde, a Secretaria de Educação e a Diretoria de Assuntos Metropolitanos.

No período da tarde o encontro foi com líderes religiosos, associações de bairros e entidades, no mesmo espaço. Eles foram convidados pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Souza, para uma mobilização, com o intuito de formar agentes multiplicadores que deverão orientar a população e ajudar no combate à doença. Trata-se de uma campanha de mobilização contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e da Chikungunya.

“Estamos na fase de sensibilizar, de buscar novos colaboradores, mas queremos fazer um trabalho de conscientização com a população, pois o mosquito pode estar em nossa casa, no nosso quintal, em um pequeno recipiente com água. Nosso objetivo é reunir o maior número de pessoas possível neste trabalho”, afirmou Andréa.

Nos dois encontros foram passadas informações e orientações sobre as ações preventivas que estão sendo realizadas em todo o município, além de capacitar voluntários para também atuarem no combate.

“Esta é uma campanha importantíssima, toda nossa equipe deve vestir a camisa. É um trabalho de formiguinha, de conscientização, mas esperamos ter um excelente resultado”, afirmou Andréa.

No próximo sábado, dia 28, será realizado um arrastão nos bairros São Manoel e Jardim das Palmeiras, com saída às 8h da Igreja Santa Josefina Bakhita. Toda população está convidada a participar. A ideia é fazer o arrastão em todos os bairros do município, inclusive as chácaras, ao longo do mês de abril.

Em Nova Odessa já são 93 casos confirmados e outros 150 aguardando o resultado do exame. No município não tem registro de nenhum caso de Chikungunya, mesmo assim a capacitação fez referências a esta doença, pois a transmissão ocorre pelo mesmo mosquito.

Comentários

Notícias relacionadas