Americana: Funcionários de cemitério colocam areia nos vasos de plantas para evitar o mosquito da dengue

Funcionários do Cemitério da Saudade colocarão, a partir desta quinta-feira (26), areia nos vasos de metal que ficam afixados sobre algumas sepulturas e nas floreiras retangulares que ficam na base dos jazigos. O objetivo é evitar o acúmulo de água e, com isso, a proliferação do mosquito da dengue.

 

Ontem, agentes do Programa de Controle da Dengue estiveram no cemitério realizando trabalho de busca de criadouros e aplicando larvicida.

 

Atualmente, a equipe está se concentrando onde são registrados casos positivos da doença. Os agentes saem de casa em casa, em um raio de 300 metros da residência onde há moradores com dengue, e realizam o trabalho de busca de criadouros e dão orientações à população.

 

Este ano, até o momento, Americana não registra epidemia de dengue. De janeiro até 25 de março, data do último boletim, a cidade registrou 222 casos positivos da doença. No ano passado, nos três primeiros meses do ano, foram 3.532.

 

 

Unidade de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas