Nova estrutura administrativa da Câmara resultará em economia de R$ 1,7 milhão por ano

Os vereadores da Câmara Municipal de Americana aprovaram com onze votos favoráveis, três contrários e quatro abstenções, durante a sessão ordinária realizada nesta quinta-feira (9) no plenário Dr. Antônio Álvares Lobo o substitutivo ao projeto de decreto legislativo nº 1/2017, de autoria da Mesa Diretora, que dispõe sobre alterações na estrutura administrativa da Casa.

 

A propositura reduz de 38 para 26 os cargos em comissão de natureza gerencial, administrativa e assessoramento técnico e jurídico, além de promover readequações nos vencimentos desses servidores. Foram extintos os cargos de encarregado de unidade, supervisor de rádio e TV, assessor de cerimonial, coordenador de comunicação e coordenador de serviços legislativos – estes dois últimos passarão a ser ocupados por servidores concursados.

 

De acordo com os autores, a reestruturação irá promover uma economia anual de R$ 1,7 milhão aos cofres públicos. “A proposta pautou-se notadamente e primeiramente sobre a economia financeira a ser atingida com o enxugamento da folha, além da preocupação com a manutenção da qualidade do trabalho sem diminuição dos serviços prestados tanto ao público interno como externo”, argumentam na justificativa.

 

Adiamento

 

Recebeu segundo pedido de vista formulado pelo vereador Thiago Brochi (PSDB) o projeto de Decreto Legislativo nº 33/2016, de autoria da Comissão Especial de Inquérito constituída para investigar e apurar fatos ilegais, irregulares e comercialização de sepulturas e omissões administrativas, e funcionais no serviço público prestado no Cemitério da Saudade, que referenda o relatório final apresentado pela comissão.

 

 

Comentários

Notícias relacionadas