Ministério da Saúde alerta população sobre perigos do narguilé

Para conscientizar a população sobre os malefícios do fumo do narguilé, o Ministério da Saúde levou as informações da campanha do Dia Nacional de Combate ao Fumo para perto da população. Um shopping de Brasília (DF) recebeu um totem para alertar que, ao contrário do que muita gente pensa, o narguilé pode causar diversas doenças, como câncer de pulmão, boca e bexiga, estreitamento das artérias e doenças respiratórias. Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma hora de uso o narguilé equivale a fumar 100 cigarros.

A ação faz parte da campanha nacional “Da Saúde se Cuida Todos os Dias”, que tem como objetivo incentivar as mudanças individuais e de comportamento, reconhecendo que a saúde não é fruto apenas da vontade própria, mas também dos contextos social, econômico, político e cultural em que estão inseridos.

O estudante Daniel Barros, de 22 anos, conta que quando soube desta informação parou fazer uso no narguilé. “Fiquei preocupado em saber disso e foi o que me motivou parar de fumar”, disse.

677R8088 cópiaDeglaucir Teixeira, de 42 anos, observa que se as informações sobre os malefícios do narguilé chegarem a mais gente, o número de usuários diminuirá. “Tem gente que fuma o narguilé pensando que é o contrário, que é melhor fumar ele do que o cigarro. Principalmente por causa dos aromatizantes que existem. Por isso, quanto mais gente souber, melhor”, disse.

O totem com as informações viajará pelo Brasil e será exposto em várias cidades brasileiras. Para saber mais sobre tabagismo e como parar de fumar, visite o site do Instituto Nacional do Câncer.

Fonte: Gabriela Rocha/ Blog da Saúde

Fotos: Luís Oliveira

Comentários

Notícias relacionadas