Meio Ambiente: prefeito Denis Andia assina convênio com a Fundação Romi

O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, assinou nesta terça-feira (1º) um convênio de cooperação com a Fundação Romi para inserir oficinas de educação ambiental no CEDOC (Centro de Documentação Histórica). A nova atividade, chamada “Cuidando do Meio Ambiente”, terá como objetivo estimular os alunos a pensar sobre o descarte correto de resíduos a partir da modernização na fabricação e na venda de açúcar. A oficina será para os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental de escolas estaduais, municipais e particulares de Santa Bárbara e região.

 

01042014 educaçao patrimonial - imprensa 1Denis enfatizou que o grande desafio do tema é levar a conscientização à população. “Por meio da educação patrimonial desenvolvida pela Fundação Romi, queremos criar a consciência de preservação do meio ambiente. Esse projeto partiu de uma conversa com a entidade e começa hoje a dar os primeiros passos. A equipe da Secretaria possui pessoas dedicadas e vibrantes, com muita dedicação. Com boas parcerias como essa podemos levar a educação ambiental para todas as partes da cidade”, comentou o prefeito.

 

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Rafael Piovezan, um dos enfoques da pasta é aproximar a população dos impactos ambientais provenientes da ação humana. “Nesse sentido, torna-se muito relevante associar Educação Ambiental e destinação adequada de resíduos. Essa área, de gerenciamento de resíduos, se configura como o maior desafio dos dias atuais com vistas à mitigação dos impactos à natureza. Atendendo mais de mil alunos no projeto, esperamos alinhar os primeiros passos, dos muitos necessários, que devem ser dados no intuito de se estabelecer políticas públicas ambientais eficientes que preservem o meio ambiente para as próximas gerações”, disse.

 

O projeto busca contribuir para a formação de cidadãos conscientes do seu papel na preservação do meio ambiente, e aptos para tomar decisões acerca de questões ambientais necessárias para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável. “Para a Fundação Romi foi uma grande honra poder contribuir com a Secretaria de Meio Ambiente, por meio de um chamado do prefeito Denis Andia. Iremos inserir a temática ambiental nas oficinas, estimulando, assim, a compreensão, a conservação e a preservação do meio ambiente e de marcos históricos e culturais de nossa cidade”, destacou a superintendente da Fundação Romi, Márcia Ameriot.

 

A visita será dividida em quatro etapas: observação, registro, exploração e apropriação. Logo no começo, os participantes recebem “folhas didáticas”, com o objetivo de orientá-los neste processo de descoberta. Já na fase final, de apropriação, os estudantes participam de uma oficina, na qual o professor pode ter ideia das infinitas possibilidades de um trabalho integrado e interdisciplinar com matemática, língua portuguesa e história.

O agendamento pode ser feito pelo telefone (19) 3499-1558, com antecedência mínima de duas semanas. O trabalho de Educação Patrimonial é realizado com, no máximo, 40 estudantes por período. A participação é gratuita. O CEDOC fica na Avenida João Ometto, 118, em Santa Bárbara. O horário de funcionamento é das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira.

 

Foto: José Roberto Bueno

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas