Meio Ambiente implanta novo sistema de arborização urbana nesta segunda

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, inicia na próxima segunda-feira (16) um novo sistema de gerenciamento da arborização urbana no município. Em investimento de R$ 1,8 milhão será colocada em prática uma nova forma de plantio de mudas, realização de exames de ultrassonografia e de poda de árvores. A medida tem o objetivo de melhorar a condição ambiental nas áreas urbanas, seguindo planejamento adotado pela Administração Municipal.

 

O contrato firmado com a empresa Gusmão Planejamento e Obras LTDA, vencedora de licitação, tem validade de 12 meses e dispõe do plantio de 5.280 mudas em áreas públicas e passeios públicos, 300 análises de ultrassonografia (verificando a situação fitosanitária do caule), 2.880 podas, 1.008 supressões e 1.104 destocamentos de árvores. Todos os procedimentos serão realizados com equipamentos de alta tecnologia, como trituradores, destocadores, caminhões com cestos, entre outros.

 

Para o prefeito Denis Andia, o novo sistema de gerenciamento fará com que o município mantenha a vanguarda regional nas questões ambientais. “Pela primeira vez na história, Santa Bárbara terá um amplo programa relacionado a poda, extração e plantio de árvores. Essa, entre tantas ações, tem feito o município se destacar nas questões ambientais em todo o Estado de São Paulo. Vale lembrar que o município passou a ser certificado com o Selo Verde e Azul”, afirmou.

 

De acordo com o secretário de Meio Ambiente de Santa Bárbara d’Oeste, Rafael Piovezan, o novo sistema de gerenciamento da arborização urbana trará um grande avanço às questões ambientais do município. “Trata-se de um projeto pensado pelo prefeito Denis Andia, que deixará um legado às futuras gerações. A arborização urbana terá uma significativa melhoria, com grande capacidade de plantios e de procedimentos como podas, extrações e ultrassonografias”, disse.

 

A partir da próxima segunda-feira, as ações realizadas pela empresa e pela Secretaria de Meio Ambiente ocorrerão seguindo o levantamento arbóreo realizado pela pasta, em estudo efetuado mediante protocolos abertos pela população. “Nossa cidade ficará mais arborizada e contará com a correção da situação de árvores já existentes”, completou Piovezan.

 

Foto: Luís Eduardo Deffanti

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas