Mais de 1 mil alunos são atendidos em oficinas ambientais

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, realizou diversos projetos de educação ambiental para estudantes da rede municipal de ensino, além de plantios, palestras e participação em reuniões técnicas. Desde janeiro, a Secretaria realizou também o plantio de 3.380 mudas de espécies arbóreas em calçadas, vias públicas e áreas verdes. Além disso, 670 mudas de espécies arbóreas adequadas para plantio em calçadas foram doadas por meio do Viveiro Municipal. As escolas municipais também receberam o plantio de mudas em conjunto com os alunos, sendo plantadas cerca de 200 mudas em 12 escolas. Ainda sobre arborização urbana, foram realizadas 2.650 podas, 954 extrações, 309 retiradas de tocos de árvores e 22 ultrassonografias.

 

A Secretaria de Meio Ambiente criou neste ano o projeto Viveiro Educador. A iniciativa atendeu mais de 500 pessoas que puderam conhecer as instalações do Viveiro Municipal com o objetivo de permitir o contato direto do público com a rotina de produção de mudas, tornando o viveiro um espaço de aprendizagem e sensibilização para as questões ambientais. Os visitantes acompanharam uma breve explicação sobre a importância do plantio de árvores e os benefícios associados. Após, seguiram para a visita, acompanhando o trabalho desenvolvido, visitando as estufas, os canteiros e conhecendo a rotina de produção de mudas.

 

Também em 2014 teve início a parceria com a Fundação Romi para o desenvolvimento de oficinas de educação ambiental em conjunto com a educação patrimonial oferecida no CEDOC (Centro de Documentação Histórica da Fundação). Cerca de 350 crianças foram atendidas pelo projeto por meio da realização da oficina “Cuidando do Meio Ambiente”, na qual os alunos eram estimulados a pensar sobre o descarte de resíduos a partir da modernização da fabricação e venda do açúcar, tendo a reciclagem e a destinação correta dos resíduos como uma das soluções para cuidarmos do meio ambiente.

 

Em parceria com a Rede de Supermercados Pague Menos, houve também a continuação do “Projeto de Conscientização nas Escolas”. Foram cerca de 300 alunos atendidos por meio de palestras, exposições, dinâmicas e cartilhas com o tema reciclagem, demonstrando o conceito dos três Rs (reduzir, reutilizar e reciclar), além de fomentar a criação do agente ambiental mirim, tornando as crianças multiplicadoras de informações ambientais e incentivando-as a agir e cobrar atitudes ambientalmente corretas. Em um próximo passo, após a leitura e interpretação da cartilha foi proposta a confecção de uma Carta Aberta à População com o tema “O bairro onde eu vivo” buscando a reflexão sobre os impactos ambientais que estamos gerando em nossa casa, escola, bairro, cidade, país e no mundo, olhando para o local e pensando no global.

O secretário de Meio Ambiente, Cleber Luis Canteiro, ressaltou que as políticas públicas ambientais na cidade vêm fortalecendo a cada dia. “Buscamos a melhora da qualidade ambiental por meio de ações, plantios e projetos de educação ambiental que envolva a população e alertem sobre a necessidade de cuidados com o ambiente em que vivemos, pois isso se reflete na qualidade de vida dos munícipes, objetivo da Administração do prefeito Denis Andia”, comentou.

 

Foto: Divulgação

Comentários

Notícias relacionadas