Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Lista de compras da Black Friday: por que se planejar é economizar?

Montar uma lista antecipadamente, ter itens alternativos e monitorar as mudanças de preços serve para poupar ainda mais o seu dinheiro.

 

A Black Friday é um importante dia comercial, que ganhou o mundo nos últimos anos. Ela acontece na última sexta-feira do mês de novembro, após o Dia de Ação de Graças nos EUA, e é marcada pelos descontos generosos que os vendedores aplicam nos produtos.

 

Por isso, essa data comercial virou sinônimo de desconto. Nela, as pessoas procuram o preço especial daquilo que mais desejam. Entretanto, apesar das promoções, é preciso que a pessoa tome certos cuidados para garantir que ela realmente irá economizar nas compras feitas nesse dia.

 

Portanto, não basta apenas encontrar o que você procura com desconto. Neste texto, conheça algumas estratégias que você pode adotar, de antemão, para economizar ainda mais dinheiro na Black Friday.

 

Planejar o que vai comprar durante a Black Friday, com antecedência, é uma excelente maneira de trazer ainda mais economia para o seu bolso. Abaixo, conheça algumas medidas que você pode adotar para garantir que isso aconteça.

Faça uma lista

O primeiro passo é ter uma lista definida do que você irá comprar quando chegar o dia. Separe os itens a serem comprados de acordo com a prioridade de cada um deles: os que você mais precisa devem vir na frente, com os presentes e os itens não tão necessários vindo depois.

 

Ter a lista em mãos facilita na hora de pesquisar e encontrar o que você deseja. Além disso, ela evita que você faça compras não planejadas, o que pode estourar o orçamento que você havia separado para a ocasião.

Estabeleça um limite de gastos

A questão do orçamento para as compras é importante porque a Black Friday não pode ser sinônimo de dívidas que você não terá como pagar. As promoções são tentadoras, mas é importante que você estabeleça um limite do quanto pode gastar, antes que isso prejudique a saúde financeira da sua residência.

 

Portanto, ao planejar a lista do que comprar, tenha em mente um teto orçamentário do quanto você pode utilizar sem se comprometer. Foque no que é prioridade para você e sua família. Se for o caso, deixe para gastar mais em outro momento, quando você já tiver pago todas as compras da Black Friday.

Busque produtos semelhantes

Ao fazer a lista, é bom pensar em um plano B para os itens que você colocar nela, principalmente os que você considera como prioridade. Pesquise e busque alternativas de outros produtos que você pode adquirir e atendam suas necessidades.

 

Ter essa lista substituta é importante caso o produto se esgote rapidamente durante a Black Friday ou não receba o desconto que você deseja. Dessa maneira, você tem opções para encontrar algo que irá servir para você.

Monitore os preços

O planejamento de compras da Black Friday também envolve um monitoramento dos preços dos itens desejados. Isso porque, certamente, você já ouviu que a Black Friday no Brasil é “tudo pela metade do dobro”. Ou seja: os descontos colocados não são reais.

 

Já houve casos de lojas que, faltando algumas semanas para a Black Friday, subiram os preços de determinados itens. Quando a data chegou, o valor original foi retomado, como se fosse um grande desconto. Desta forma, monitorar os preços é imprescindível para perceber esse tipo de golpe.

 

É possível encontrar sites voltados para esse monitoramento, avaliando as variações de preço do produto em determinada loja. O ideal é que essa pesquisa comece com bastante antecedência: recomenda-se que, três meses antes, você já comece a verificar o preço do que vai comprar.

Compare os valores

Junto ao monitoramento, você já pode preparar uma comparação de preços dos produtos em diferentes lojas. Há sites que oferecem esse tipo de serviço e são importantes aliados para que você consiga descontos ainda mais vantajosos.

 

Neles, coloque os produtos que você deseja comprar e veja por quanto eles estão sendo vendidos em cada loja. A depender das diferenças, talvez, seja preferível comprar de diferentes lugares. Contudo, se este for o caso, lembre-se de que você deve colocar o gasto múltiplo de frete na sua conta.