“Jogo contra o México tem de ser o de erro zero”

Créditos: Ricardo Stuckert / CBF

Todo jogo de Copa do Mundo é muito difícil, isso pode ser um lugar comum, mas é assim que a partida de amanhã tem se ser encarada. A Seleção Brasileira tem encontrado contra o México muita resistência, durante os amistosos nos últimos anos, e mesmo saído de campo derrotada, como aconteceu na decisão das Olimpíadas de  Londres.

 Isso faz do México um adversário que merece, mais ainda, todo o respeito. Em jogo de Copa do Mundo, não se tem o direito de errar, um descuido em um lance pode ser fatal e foi dessa forma que fomos derrotados nas Olimpíadas. Não podemos falhar, a mínima falha que seja, para não sermos surpreendidos.

Mas não acho que temos de marcar algum jogador em especial. Temos de jogar, primeiro, com o sentido de conjunto que é uma das características dessa Seleção. Confio muito no time, nos meus companheiros, e na capacidade que temos de superar qualquer adversário, devido aos jogadores talentosos que temos, capazes de fazer a diferença. .

Confio mais ainda em um bom resultado por saber que teremos ao nosso lado a força dos torcedores. Fiquei impressionado com a empolgação das pessoas nas ruas quando fomos e voltamos do treino na Arena Castelão. Essas cenas de carinho se repetem em todas as cidades em que a Seleção Brasileira passa, mas parece sempre ser a primeira vez. Não tem como ficar mais empolgado ainda, mais motivado para retribuir com uma vitória.

O torcedor em Fortaleza mostrará novamente que ama a Seleção Brasileira e vai gritar o tempo todo para nos levar à vitória. Isso eu tenho certeza, E vaio nos ajudar muito.

Só que o principal, tenho de insistir, é não cometer erros. O jogo contra o México tem de ser o de erro zero.

CBF

Comentários

Notícias relacionadas