Instituto CCR apresenta a peça infantil “Cadê o amor que estava aqui?” em Santa Bárbara D’Oeste


Ação tem o patrocínio da CCR AutoBAn  e traz no enredo o incentivo à cidadania

 

O Instituto CCR apresenta, no dia 3 de maio, em Santa Bárbara D’Oeste, o teatro infantil “Cadê o amor que estava aqui?”, da CIAVIP Produções Culturais. A peça, que tem o patrocínio da CCR AutoBAn, é realizada por meio do Ministério da Cultura, via Lei Rouanet, e conta as experiências de um dedicado professor deficiente visual que luta pela formação de cidadãos conscientes e por um mundo melhor.

 

Na peça, com carinho, paciência e respeito, o professor pede que cada aluno apresente uma nova ideia para construir um país mais justo e unido. Como resultado, ele recebe sugestões cheias de criatividade, mas sem solidariedade e então propõe uma campanha de corrente do bem. Juntos, professor e alunos aprendem sobre preservação da natureza, inclusão, respeito às diversidades e cidadania, e concluem que quando os valores individuais são trabalhos em grupo e com força de vontade, pequenas atitudes transformam-se em grandes conquistas e realizações.

 

A peça é apresentada pelo Instituto CCR, entidade privada, sem fins lucrativos, criada em 2015, com o objetivo de estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa por meio de suas concessionárias. Na região de Santa Bárbara D’Oeste, o Grupo CCR conta com a concessionária CCR AutoBAn, responsável pela gestão de 316,8 quilômetros de rodovia.

 

Serviço

Cadê o amor que estava aqui?

Quando: Terça-feira, 3 de maio de 2016

Horários: 9h30 e 13h30

Local: Teatro Municipal Manoel Lyra

Endereço: Rua João XXIII, 61 – Centro

Espetáculo destinado aos alunos do ensino público municipal

 

Ficha Técnica:

Elaboração de roteiro e concepção: Fabrícia Vivas

Direção geral: Renato Alves

Trilha sonora e arranjos: Fernando Zuben

Letras: Danilo Lima

Cenografia: Luiz Rossi

Preparação vocal: Carlos Alberto Júnior

Coreografias: Fátima Cabral

Sapateado: Anelita Galo

Elenco: André do Valle, Carolina Miranda, Danilo Lima, Lucas Magalhães, Riane Zohar, Willker Vivas

Operador Som e Luz: Augusto Valente, Almir Torquato

Administração: Maria Ada Silva

Realização: Ministério da Cultura

 

Sobre  a CIAVIP:

“O artista vai aonde o povo está” –  esta frase define todo o objetivo da arte itinerante. O gosto pelo fazer teatral se resume na busca do artista pela sua plateia. A quem entreter, informar, agradar.

Iniciou suas atividades no ano de 2000, teve como proposta inicial atender ao mercado empresarial na área de eventos e feiras culturais. Neste período ganhou grandes parceiros e consolidou-se  com criação e execução de espetáculos educativos direcionados  ao público infantil e jovem.

Com o passar dos anos foi ganhando conhecimento e credibilidade firmando-se de vez na área cultural.

A proposta itinerante fez com que o grupo levasse seus espetáculos a diversas cidades do interior dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Bahia, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Nos últimos sete anos acumulou mais de 1.750 sessões de teatro infantil atendendo  mais de cem municípios por ano.

Detalhes: www.ciavipcultural.com

 

Sobre o Instituto CCR:

O Grupo CCR criou em 2015 o Instituto CCR, entidade privada, sem fins lucrativos, para estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa.  O Instituto CCR vai otimizar a utilização de recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo em projetos estruturados em quatro áreas: Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Esporte; Meio Ambiente e Segurança Viária. O Grupo CCR apoia o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, com a experiência de ter levado mais de 500 projetos para 120 cidades que, desde 2003, já beneficiaram 7 milhões de pessoas com investimento de R$ 165 milhões em projetos estruturados. O Instituto CCR vai ampliar estratégia do Grupo visando consolidar a maior empresa de infraestrutura da América Latina em um dos maiores investidores sociais privados do país. Com o Instituto CCR, a companhia planeja investir R$ 330 milhões nos próximos 5 anos, fomentando a cultura brasileira e o desenvolvimento da cidadania.

 

Comentários

Notícias relacionadas