Guarda Civil de Capivari é acionada após mãe de criança de 10 meses perceber algo diferente


Na tarde de ontem 01/05, por volta das 17:00 hs, os Guardas Civis CD Estivaldo e GC Lopes, foram acionados para comparecerem no Bairro São Pedro, pela Sra. R.R.B., de 33 anos.

R.R.B. informou que se ausentou da residência por um certo tempo, deixando a filha de 10 meses de idade, aos cuidados do pai, F.P.S., de 30 anos, alega a mãe R.R.B., que ao voltar a residência foi trocar a fralda da criança e notou algo diferente, momento em que indagou o pai, se fizera alguma coisa com a criança, este não respondeu nada e disse que ia até a casa de sua mãe, ver se ela sabia responder o que poderia ter acontecido com a criança, mas não voltou e estava sumido.

Os Guardas Civis encaminharam a criança e a mãe até o PS local, após a Delegacia de Policia, com o acompanhamento do Conselheiro Tutelar Denis, para a lavratura do Boletim de Ocorrência e após, a criança foi encaminhada ao IML de Piracicaba/SP, para constatar se havia ocorrido agressão ou estupro de vulnerável, vitimando a criança.

Foram realizadas buscas com o intuito de encontrar o pai da criança, porém sem êxito.

 

Outras Ocorrências

Neste final de Semana a Guarda atendeu duas Ocorrências de Violência Doméstica, sendo que as vitimas foram agredidas fisicamente pelos seus companheiros, porém os indiciados se evadiram e não foram localizados.

A guarda Civil orienta que toda mulher tem o direito e o dever de denunciar a Violência Doméstica, como também após a denuncia solicitar Medidas Protetivas, para que o indiciado não se aproxime. A Guarda Civil esta disponível para maiores informações através dos Fones: 153 ou (19) 3491-1311. Não se cale diante a violência, denuncie!

Comentários

Notícias relacionadas