Indaiatuba: Diversidade e massificação da arte foram destaques da Secretaria de Cultura em 2014

Desenvolver iniciativas que levassem os benefícios da arte enquanto ferramenta de transformação a crianças, jovens, adultos e idosos nos quatro cantos de Indaiatuba foi a principal realização da Secretaria Municipal de Cultura em 2014. Por meio de ações criativas e até mesmo inéditas nos campos da literatura, dança, música, teatro e artes plásticas, a população pode conferir uma vasta programação cultural entre festivais, shows, exposições, workshops, peças, performances, debates, palestras e espetáculos, nos polos culturais e nas ruas da cidade. O trabalho contínuo de formação cultural também foi objetivo de investimentos, com mais de 20 oficinas gratuitas em 10 modalidades e workshops que alcançaram diretamente cerca de 3.500 pessoas ao longo de todo ano. A contribuição para a profissionalização dos artistas locais não foi esquecida. “Além de colaborar para que cada vez mais indaiatubanos tenham acesso à arte em todas as suas vertentes, o que, em última instância, agrega valores essenciais ao caráter do cidadão, para que tenhamos uma atuação verdadeiramente sustentável precisamos abrir os horizontes de nossos artistas e ajudá-los a expandir suas potencialidades”, diz a secretária municipal de Cultura Erika Hayashi Kikuti. “Hoje a tendência é a busca pelo profissional multifacetado, as artes se conversam, jamais estão isoladas, queremos estimular o olhar mais aprofundado para o crescimento constante”, comenta Erika. Para o próximo ano, o esforço de massificação permanece. “Nossa missão é essa, levar cultura a todos em todas as partes. Quando vemos que as atrações e cursos estão sendo cada vez mais prestigiados, constatamos que estamos no caminho certo, e todo nosso esforço e recursos em 2015 permanecem nesta direção”, completa.

OFICINAS CULTURAIS E WORKSHOPS

Voltadas à iniciação e aperfeiçoamento de crianças, jovens, adultos e idosos residentes em Indaiatuba, as oficinas gratuitas permanentes são oferecidas no Centro Cultural Wanderley Peres e Novo Centro Cultural Morada do Sol em vários dias da semana e horários, com inscrições sempre a cada início de semestre. Englobando em torno de 2.500 alunos, disponibilizam aulas de ballet infantil, ballet juvenil, coral masculino, coral terceira idade, desenho artístico, desenho infantil e juvenil, jazz infantil, jazz juvenil, pintura contemporânea, teatro adulto, teatro juvenil, viola caipira, violão iniciante, pintura em tecido e coral infantil. Uma novidade em 2014 foi a adição das aulas de piano digital, pioneiras na região, com utilização de equipamentos adquiridos pela Secretaria Municipal de Cultura. Ao final de cada ano, todos os participantes têm a oportunidade de mostrar seu aprendizado em espetáculos e exposições abertos ao público.

Além das oficinas permanentes, a secretaria oferece workshops pontuais, igualmente gratuitos, que este ano reuniram em torno de 1.000 pessoas, como as oficinas Hilda Hist da Secretaria de Estado da Cultura sobre Arte Postal, ministrada por João Bosco, e Pedagogia Teatral, com Jorge Bichara Neto, a oficina de fotografia Retratos em Família, com Marta Campos – que também realizou um segundo curso sobre Fotografia – e a oficina Roteiro para Ficção, com Marcos Otero.

A Orquestra Jovem de Indaiatuba e o núcleo do Projeto Guri, em parceria com o Estado, também abriram inscrições para novos integrantes.

PROJETOS REGULARES

A Secretaria Municipal de Cultura deu continuidade em 2014 a uma série de projetos anuais permanentes e que já se tornaram tradição na cidade e na região. O Tardes do Rock, que traz shows gratuitos no Parque Ecológico todo último domingo do mês, registrou em seu palco as bandas Dose Letal, Licantropos, Cavaleiro Dragão, Stupid, Gran Señor, Darksmile, Doctor Mars, Krustty, Mayo, Sillverado, Anistie, Ambitions of Freedom, Corruptos e Onzevolutie.

Já a Feira de Troca de Livros e a Manhã Musical agitaram o centro de Indaiatuba sempre no segundo sábado do mês, garantindo aos leitores a oportunidade de renovar a estante sem nenhum custo e ainda ouvir boa música, com atrações como o pianista Lincoln Soares e o cantor irlandês radicado no Brasil Bernard Naughton.

Ainda na seara da literatura, diversas iniciativas buscaram fomentar a leitura entre os indaiatubanos, além de destacar os talentos locais, como o sarau Todas Palavras, onde qualquer interessado pode se inscrever para ler para a plateia, o Escritas Daqui, um bate-papo informal entre os autores e o público, e o Prefácios, espaço para debate com personalidades da literatura. Entre os convidados de 2014 estiveram Marina Salla, Eliana Matos, Aline Ribeiro, Caio Guimarães, Rodrigo Mendes e Celso Falaschi. Já o Concurso Literário Acrísio de Camargo chega a sua 10ª edição, divulgando o nome do autor da letra do Hino de Indaiatuba e incentivando a produção literária no município.

Também este ano a Cultura apoiou o projeto Humanização de Espaços da Saúde, que leva apresentações artísticas de alunos das oficinas culturais gratuitas a espaços públicos de assistência médica, contribuindo para potencializar a cura e o bem estar por meio da apreciação da arte.

EVENTOS

Indaiatuba foi também palco de grandes eventos em 2014. Graças à estreita parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura e a Secretaria de Estado da Cultura, o município recebeu pela sétima vez consecutiva mais uma edição da Virada Cultural em maio. De acordo com estimativas do Estado, cerca de 50.000 pessoas prestigiaram as 26 atrações do evento, com destaques como Titãs e Asian Dub Foundation, além da programação paralela oferecida pela Prefeitura.

Outras atrações gratuitas viabilizadas pelo Estado este ano foram uma versão inédita do espetáculo Madame Butterfly, parte do programa Ópera Curta, a apresentação da Jazz Sinfônica do Estado na Câmara Municipal, o espetáculo do Balé da Cidade de São Paulo e a peça Maíra, vencedora do Mapa Cultural Paulista 2013/2014.

O vasto calendário incluiu ainda apresentações da Orquestra de Indaiatuba, da Orquestra OPUS e Derico Sciotti, da Orquestra Sinfônica de Campinas, a Mostra Livre de Cinema, o espetáculo L´Amour com Nádia Zanotello, o apoio ao 2º Sábado Cultural da Nipon & Cia e a 5ª edição da Revirada Cultural RMC, em parceria com a Câmara Temática de Cultura da Região Metropolitana de Campinas.

PRODUÇÕES DA CULTURA

2014 foi também um ano em que megaproduções totalmente realizadas pelo corpo estável da Secretaria Municipal de Cultura e executadas com apoio dos alunos das oficinas culturais gratuitas encantaram plateias de todas as faixas etárias. A já tradicional encenação da Paixão de Cristo surpreendeu mais uma vez a população, tendo como tema “Jesus, O Libertador” e uma caprichada cenografia projetada em imagens. No total, cerca de 1.200 pessoas assistiram às duas sessões. Em complemento, “Clara Nunes, quem ouviu e quem te vê” homenageou uma das maiores cantoras brasileiras, reunindo no palco em torno de 100 participantes, com 20 músicos da Orquestra de Indaiatuba, 25 bailarinos do grupo de jazz da Cultura e 55 cantores do Coral de Indaiatuba. No espetáculo de encerramento “Ciclo da Vida”, 250 alunos das oficinas de ballet, jazz e teatro, além do projeto Na Pontinha dos Pés e projeto de circo Tio Bocão.

FESTIVAIS

Aguardados pela população e pelos participantes, os festivais da Secretaria Municipal de Cultura de Indaiatuba fazem história: no Maio Musical, um mês inteiro de atrações musicais e nomes consagrados como Oswaldo Montenegro e Funk Como Le Gusta; o Festival de MPB, vencido pelo cantor Taquinho de Minas, teve 21 concorrentes de Belo Horizonte, Campinas, Cotia, Indaiatuba, Itu, Rio de Janeiro, Salto e São Paulo; o Agosto das Artes, além de exposições, oficinas e obras cinematográficas, trouxe o lançamento do Foto Clube de Indaiatuba; o Festival Sertanejo & Música de Raiz marcou a vitória da dupla da cidade Éverton & Remy; o Outubro Literário trouxe iniciativas inéditas, como a ação Poesia em Trânsito, onde atores leram poesias para os passageiros dentro dos ônibus, em agradável surpresa para a rotina do dia a dia; o Festival de Rock foi mais uma vez prestigiado, com 83 bandas brigando pelo 1º lugar, que ficou com a Kilohertz, de Piracicaba, e show de encerramento com o grupo Velhas Virgens; finalmente, o Festival de Artes Cênicas, realizado em parceria entre a Secretaria de Cultura e o grupo Estrada, proporcionou 24 espetáculos com entrada franca, além de workshops e palestras.

SEMANA DE ESTUDOS

Visando colaborar para o aperfeiçoamento dos artistas locais, a Secretaria de Cultura realizou em 2014 a Semana de Estudos Artísticos, com palestras, workshops, oficinas e jam sessions gratuitos ministrados por profissionais conceituados. A programação agregou nomes como Fabiano Lima, Nelson Ayres, Odilon Moraes, Luiz Coelho, Eduardo Menezes e André Dalan.

FUNDO MUNICIPAL DE CULTURA

2014 também foi marcado pela criação, através da Lei nº 6352 de 21 de agosto de 2014, do Fundo Municipal de Cultura, antiga reivindicação da Secretaria de Cultura e requisito fundamental para que Indaiatuba possa vir a integrar o Sistema Nacional de Cultura do Governo Federal, estando apta a receber recursos do Fundo Nacional de Cultura.

O Fundo Municipal de Cultura possibilita receber recursos de dotações consignadas na lei orçamentária anual municipal e seus créditos adicionais, transferências federais e/ou estaduais, receitas provenientes de repasse de incentivos fiscais para o fomento da cultura, contribuições de mantenedores que sejam produto do desenvolvimento de suas finalidades (como receitas de ingressos vendidos, camisetas, livros, etc), doações de pessoas físicas ou jurídicas e legados, entre outros. Os valores podem ser direcionados a atividades como desenvolvimento e incentivo de ações culturais na cidade, aperfeiçoamento de artistas locais, despesas com trabalhos de preparação dos artistas e dos projetos culturais, viabilizar a participação dos artistas em certames artísticos e culturais, concessão de bolsas de estudos, entre outros.

 

Assessoria de imprensa

Foto: Arquivo

Comentários

Notícias relacionadas