Indaiatuba: Balanço de 2014 da Secretaria de Obras inclui a instalação de sete novos semáforos

Investimentos em trânsito lideram o balanço da Secretaria

 

A Secretaria Municipal de Obras e Vias Públicas fecha 2014 com sete novos pontos do município ordenados por semáforos. Os investimentos em trânsito somaram cerca de R$ 2,5 milhões, R$ 500 mil a mais que em 2013, quando foram investidos cerca de R$ 2 milhões nessa área. Mais uma vez as melhorias no trânsito foram o foco principal da pasta que também entregou ponte, duplicações e prolongamentos de vias, pavimentações e recapeamentos, entre outras obras.

A desativação da rotatória do Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), na avenida Francisco de Paula Leite, encabeça a lista das reformulações de trânsito realizadas este ano na cidade que incluíram a instalação de sistema semafórico. O trecho ganhou um semáforo de três fases, terceira faixa de rolamento e três pontos de confluência ficaram com passagem livre: veículos que transitam pela avenida Paula Leite no sentido da avenida Presidente Vargas; condutores que vêm da Rua das Camélias e pretendem acessar a Paula Leite, e a terceira é para quem vem pela Ademar de Barros e quer acessar a rua Augusto de Oliveira Camargo. A obra foi concluída em agosto.

Mais recente, no final de novembro, entrou em funcionamento o semáforo da avenida Presidente Vargas, no acesso ao Parque São Lourenço. O trecho fica na confluência da rua Eduardo Faizano, na Vila Homero, onde também foi criada terceira faixa na avenida, sendo duas delas com passagem livre para os veículos que seguem no sentido bairro-centro.

A região central da cidade também foi beneficiada. Em setembro foram instalados semáforos no cruzamento das ruas Quinze de Novembro com Siqueira Campos, e no cruzamento das ruas Ademar de Barros e Cerqueira César.

Na avenida Nove de Dezembro foi implantado um equipamento de quatro fases no cruzamento com a rua Eurico Primo Venturini, no Jardim Leonor, em maio. Em fevereiro a Secretaria de Obras instalou um semáforo na Ário Barnabé no cruzamento com a rua João Martini, no Jardim Morada do Sol. O equipamento tem duas fases e conta com temporizador.

Finalizando a lista dos novos semáforos instalados este ano está o de pedestres, em frente à Prefeitura, na confluência com a rua Pedro Donda. Ele está programado para funcionar como um semáforo comum das 16h50 às 17h25h, para ordenar a saída de veículos dos estacionamentos do Paço Municipal.

Em junho a Secretaria de Obras fez algumas mudanças no semáforo da avenida Francisco de Paula Leite na confluência com a avenida Ário Barnabé, em frente ao Habib´s. A principal alteração feita no local foi no acesso à avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira que passou a ser ordenado pelo semáforo. O equipamento também foi substituído pelo modelo com contador de tempo.

Como já foi feito no ano passado, as secretarias de Obras e Vias Públicas e Urbanismo e do Meio Ambiente continuam com gestão compartilhada pelos engenheiros José Carlos Selone e Leandro Dias de Souza. Enquanto Souza é o responsável pela parte administrativa, Selone responde pelos projetos e obras das duas pastas. “Essa gestão compartilhada tem o objetivo de otimizar os serviços, considerando que a maior parte das obras envolvem equipes das duas secretarias”, reforça o secretário de Urbanismo.

 

OBRAS CONCLUÍDAS

Com obras distribuídas por todas as regiões da cidade, o ritmo de trabalho da Secretaria de Obras e Vias Públicas foi intenso durante todo o ano. Já no início de 2014 foi entregue a nova ponte do Jardim Morada do Sol, construída sobre o córrego Barnabé, entre as ruas Francisco Rossi e Custódio Cândido Carneiro. “A ponte entregue em janeiro desafogou o trânsito da ponte da rua 80 e melhorou muito as condições de tráfego naquela região”, explica José Carlos Selone. O investimento na obra foi de R$ 1.220.071,26, sendo R$ 1 milhão referente ao convênio firmado com o Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria Estadual de Planejamento e Desenvolvimento Regional, com emenda do deputado estadual Rogério Nogueira (DEM).

Também no primeiro mês do ano foi concluída a obra de drenagem na rua Padre Bento Pacheco. A nova galeria de águas pluviais foi instalada em um trecho de aproximadamente 500 metros entre as ruas Tiradentes e José Escodro, na divisa do Parque Boa Esperança e Vila Vitória.

A duplicação da estrada da General Motors (IDT 372) foi entregue em fevereiro, com a conclusão da sinalização vertical e horizontal. A via com cerca de 2,2 quilômetros de extensão foi duplicada com recursos próprios, no valor de R$ 3.391.667,50.

O secretário também destaca a obra de duplicação do trecho inicial da Alameda José Amstalden, que ganhou duas novas faixas de rolamento, ligando a rodovia João Ceccon à rua Manuel Iglesias Pila, no Jardim Esplanada, e à avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé. No sentido contrário, a alameda dá acesso aos bairros da região do Jardim Europa. A obra foi concluída em fevereiro.

No mesmo mês outra alameda, a Coronel Antonio Estanislau do Amaral, em Itaici, ganhou uma segunda faixa de rolamento criada no sentido bairro-centro. “Fizemos uma reformulação no trânsito para dar maior fluidez ao tráfego e tornar a via mais segura. Proibimos o estacionamento em todo o trecho no sentido centro-Itaici e, na altura do semáforo da confluência com a avenida Ezequiel Mantoanelli foram realizadas algumas alterações na ciclofaixa, o que disponibilizou quatro faixas de rolamento nesse trecho, sendo duas sentido Centro, uma exclusiva para quem segue para a avenida Ezequiel e uma direita livre, exclusiva para quem segue para Itaici”, acrescenta Selone.

Em março, a Secretaria abriu um novo acesso ao Jardim Paulista com a pavimentação da via de ligação da rua Martinho Lutero com a rua Jabaquara. A interligação fica em frente à rua Irineu Rocha Ribeiro, no São Conrado, e tem cerca de 200 metros lineares.

Na estrada Dr. Rafael Elias José Aun, conhecida como estrada velha do Mirim, em maio foi concluída a pavimentação do acostamento e as margens do trecho entre a Vila Avaí e o Jardim Morumbi ganharam ciclofaixas nos dois sentidos. O trecho conta com aproximadamente 1,5 quilômetro.

O balanço de 2014 da Secretaria de Obras traz ainda a pavimentação do prolongamento da rua Salvador Castilho, no acesso à alameda Dr. José Cardeal e à avenida Nove de Dezembro, no Jardim Leonor. O trecho da rua que foi pavimentado em julho tem 364 metros de comprimento.

Para melhorar as condições de tráfego e também a segurança de condutores de veículos e pedestres, a Secretaria de Obras realizou mudanças no sentido do trânsito de algumas vias, que ficaram de mão única como foi o caso da rua Antonio Cantelli, no trecho entre o Jardim São Conrado e o Jardim União. A rua ficou com direção única no sentido bairro-centro e a via paralela, no Jardim União, ficou de mão única no sentido centro-bairro. Essa obra foi concluída em junho. Em setembro, todas as ruas do Distrito Industrial João Narezzi ficaram com mão única de direção e os cruzamentos do bairro também receberam lombadas para forçar a redução da velocidade dos veículos e garantir mais segurança no trânsito. Também tiveram mudanças na direção de trânsito a rua João Walsh Costa, no Jardim São Conrado; Leopoldo Sombini, no Jardim Adriana;  Thomaz Barrio Gomez, no Jardim Rêmulo Zoppi, e rua Elias Fausto, localizada no Jardim América.

O Departamento Municipal de Trânsito proibiu o estacionamento de veículos em alguns trechos da região central da cidade, como foi o caso do lado esquerdo da rua Onze de Junho, entre as ruas Pedro Gonçalves e Quinze de Novembro. Na rua Cerqueira César, o estacionamento foi proibido em dois pontos, sendo o primeiro do lado esquerdo, entre as ruas Pedro Gonçalves e Candelária, e o segundo do lado direito, entre as ruas Ademar de Barros e Tuiuti.

Na lista de serviços realizados pela Secretaria de Obras em 2014 também estão os trabalhos de reforço de sinalização de trânsito realizados no Centro; Jardim América; Vila Castelo Branco; Jardim São Paulo; Jardim Moacir Arruda; Parque São Lourenço; Colinas de Indaiatuba I; jardins Regina, Monte Verde e Umuarama; Jardim do Sol; Jardim São Francisco; Jardim do Valle e do Vale II; Recanto do Vale; Jardim Adriana; Jardim Bom Princípio; Jardim Oliveira Camargo; Parque Residencial Indaiá; Jardim Rêmulo Zoppi e Jardim Renata. Os trabalhos envolveram a pintura de faixa de pedestres nos cruzamentos dos bairros, sinais de pare e pintura das divisões das faixas de rolamento. No Centro foi feita a pintura diferenciada com fundo vermelho nas faixas de pedestres.

Para finalizar, a relação de obras da Secretaria concluídas este ano traz a pavimentação do acostamento em alguns trechos da rodovia João Ceccon, que também ganhou novas lombadas e ciclofaixas, com o objetivo de tornar a via mais segura; a pavimentação do estacionamento em frente ao Ponto Azul, com a criação de 32 vagas; o novo acesso da Marginal Esquerda do Parque Ecológico ao Jardim Rêmulo Zoppi; a reforma da nova sede do Conselho Tutelar, e a ampliação do Fórum, que ganhou duas novas salas entre outras adaptações no prédio.

 

OBRAS EM ANDAMENTO

O conjunto de obras de infraestrutura urbana que foram iniciadas este ano no final da avenida engenheiro Fábio Roberto Barnabé, no Jardim Morada do Sol, encabeça a lista de obras em andamento sob a responsabilidade da Secretaria de Obras e Vias Públicas. Trata-se da conclusão da Marginal Esquerda do Parque Ecológico, que será interligada com o final da Marginal Direita por uma nova ponte, e a duplicação da interligação da rua Martinho Lutero com a IDT-372.

O investimento na obra totaliza R$ 4.079.238,47, sendo R$ 3.752.899,39 provenientes de convênio firmado com o Governo Federal. Os trabalhos foram iniciados no mês de junho, com prazo de 18 meses para conclusão.

Mais um convênio, desta vez com o Governo do Estado, também possibilitou a Secretaria iniciar em julho o recapeamento de mais quatro lotes de ruas e avenidas do município. “O recape recebe investimento no valor de R$ 3.288.231,53, com R$ 2.176.720,10 referentes aos convênios firmados com o Governo do Estado, em sua maioria por emendas do deputado estadual Rogério Nogueira (DEM)”, informa Souza. No total serão recapeados 154 mil m² de asfalto, e quase 30 ruas já foram beneficiadas.

A Secretaria trabalha na contenção de encosta do Córrego Barnabé entre as pontes das ruas 80 e 58, com a construção de gaiolas de gabião [estrutura de tela de aço galvanizado, preenchida com pedras] para evitar erosão. Mais de 80 metros da encosta já estão prontos e o trabalho deve ser concluído no início de 2015.

Uma equipe da Secretaria de Obras também trabalha na reforma do núcleo esportivo do Parque Corolla para adequações em banheiros e vestiários, além de manutenção em toda a rede elétrica e hidráulica do prédio, com previsão de entrega no início de 2015.

 

PROJETOS

O trabalho não para e os projetos para 2015 já começaram. Um deles trata-se da pavimentação e obras complementares em dois trechos do novo anel viário de Indaiatuba. A Secretaria de Obras está com licitação aberta para contratação de empresa que executará o serviço. O primeiro trecho interligará o Jardim dos Colibris com a Estrada do Buru, IDT-335, e o segundo, o Jardins do Império ao Jardim Residencial Dona Lucilla, na avenida Fábio Ferraz Bicudo. Os dois trechos totalizam um pouco mais de cinco quilômetros.

O valor estimado da obra é R$ 17 milhões, sendo R$ 11 milhões para o primeiro trecho, e R$ 6 milhões para o segundo. A maior parte dos recursos, R$ 13.901.000,00, é proveniente de uma operação de crédito entre a Prefeitura de Indaiatuba e a Agência de Fomento do Estado de São Paulo, autorizada pelo Ministério da Fazenda.

Conforme consta no traçado do novo anel viário de Indaiatuba, a extensão da via será de aproximadamente 13 quilômetros. O traçado abrange a região do bairro Caldeira, Campo Bonito, Bairro Buru, estrada do Saltinho até a rodovia João Ceccon, que liga Indaiatuba ao município de Elias Fausto. Dentro do traçado, existem alguns empreendimentos que já pavimentaram o trecho da avenida que cabe a cada um deles, como é o caso do Jardim dos Impérios, Jardim Moriyama, Jardim Veneza e Jardim Dona Lucilla.

A pavimentação do loteamento Colinas de Indaiatuba II é outra obra prevista para 2015. Para o lançamento do PCM (Plano Comunitário de Melhorias) do asfalto no bairro a Secretaria aguarda a conclusão da licitação para a contratação da empresa de engenharia que executará a obra. O valor total da obra deve ficar em torno de R$ 1,6 milhão. A Prefeitura precisa da adesão de mais de 50% dos moradores para fazer a obra.

O secretário de Obras lembra, ainda, que a licitação para a construção do primeiro elevado de Indaiatuba deve ser iniciada até o final deste ano. O elevado será construído na avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé (Marginal Direita) sobre a avenida Manoel Ruz Perez, no Jardim Hubert. O viaduto terá 385,70 metros de extensão.

O investimento será de aproximadamente R$ 7,1 milhões, incluindo o recapeamento das vias do entorno e drenagem e contenção do córrego Barnabé no trecho. Este ano a Prefeitura firmou um convênio com a Caixa Econômica Federal para o financiamento de R$ 6,7 milhões do Programa Pró-Transporte, do Governo Federal.

A Secretaria de Obras e Vias Públicas, Leandro Dias de Souza, também construirá uma passarela metálica para passagem de pedestres sobre o rio Jundiaí, no final da alameda Coronel Antonio Estanislau do Amaral, no bairro Itaici. A passarela, cujo valor estimado é de R$ 597 mil, será instalada ao lado da ponte de concreto já existente no local. A licitação foi aberta em novembro.

Para o próximo ano a Secretaria trabalha em projetos de novas implantações de semáforos, duplicações de vias, pavimentações, entre outras obras.

 

ECOBIKE

O Projeto Ecobike também é administrado pela Secretaria de Obras em parceria com a Secretaria de Urbanismo e do Meio Ambiente. Até novembro de 2014 foram registrados mais de 15 mil empréstimos. Desde que entrou em atividade, em julho de 2012, o projeto já realizou cerca de 50 mil empréstimos de bicicletas.

A grande novidade deste ano foi a entrega da quarta estação do projeto construída na Praça Renato Villanova [Praça do Cato], que entrou em atividade no mês de abril. As outras três estações instaladas na cidade, sendo duas no Parque Ecológico, uma em frente à Prefeitura e outra em frente à sede da Guarda Municipal, e a terceira na praça D. Pedro II.

Com a nova estação da Praça do Cato a população também ganhou uma nova ciclovia na avenida Francisco de Paula Leite de Obras e Urbanismo. A ciclovia compreende um trecho de 1,8 quilômetro, entre a Praça do Cato e a avenida Ário Barnabé.

Outra novidade foi que no segundo semestre o Projeto Ecobike passou a disponibilizar mais dez bicicletas com cadeirinha acoplada para o transporte de crianças e cinco duplas para os passeios em família ou com amigos, além das 200 bicicletas ecológicas que estão disponíveis desde a inauguração.

 

Fotos: arquivo  SCS/PMI

Comentários

Notícias relacionadas