Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Eu sou o Cedin, contagiante e contagioso!


O CEDIN completa neste dia, 17 de maio, cinco anos de existência.

 

O Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil (CEDIN) completa, neste dia 17 de maio, cinco anos de existência. Fruto dos mais de 20 anos de sucesso do Núcleo de Educação Integrada e uma parceria entre a Fundação Romi e a Secretaria Municipal de Educação de Santa Bárbara d´Oeste, o CEDIN firma-se como uma escola de ensino infantil, Jardim I e II, voltada para o atendimento de crianças de 4 e 5 anos, prioritariamente, em situação de vulnerabilidade social.

 

Nesses cinco anos, foram aproximadamente 500 crianças da Comunidade Zumbi dos Palmares, de Santa Bárbara d´Oeste, que receberam, gratuitamente, orientação pedagógica, educação integral, refeições balanceadas, banhos, cuidados médicos, acompanhamento psicológico, motor e fonoaudiológico, contação de histórias, diversão, entretenimento, e muito, muito amor e carinho – resultado de uma equipe engajada e parceiros comprometidos.

 

O mundo todo desperta-se para a importância da educação infantil. Até pouco tempo atrás esse ensino era tido como de menor importância. Hoje, sabemos que a estimulação precoce das crianças contribui e muito para o seu aprendizado futuro. Desenvolve suas capacidades motoras, afetivas e de relacionamento social. Uma outra concepção é o desenvolvimento da autonomia, considerando, no processo de aprendizagem, que a criança tem interesses e desejos próprios e que é um ser capaz de interferir no meio em que vive. Entender a função de brincar no processo educativo é conduzir a criança, ludicamente, para suas descobertas cognitivas, afetivas, de relação interpessoal, de inserção social. A brincadeira leva a criança ao conhecimento da língua oral, escrita, e da matemática. O CEDIN é um forte mecanismo de transformação social da Fundação Romi para a comunidade” relata a Superintendente da Fundação Romi, Marcia Ameriot.

 

Segundo a Diretora do CEDIN, Luciana Bueno Bruscagin, “a metodologia de trabalho estimula e utiliza o brincar como instrumento de aprendizagens, fazendo do aprender uma experiência prazerosa e significativa. Aqui o aluno é tratado como ser pensante. Focamos no desenvolvimento da autonomia e não em receitas prontas que engessam e desvalorizam a bagagem e as experiências pessoais de cada criança”.

 

A valorização da cultura da infância e sua integridade são os condutores do ensino no CEDIN. Diferentemente das escolas tradicionais, a metodologia empregada apoia-se na experiência da cidade italiana Reggio Emilia, no construtivismo de Jean Piaget e de Paulo Freire. Com uma equipe formada por pedagogos das diferentes áreas da educação, o processo ensino-aprendizagem extrapola o conteúdo curricular regular e abarca toda a vivência da criança, passando pela alimentação, os hábitos de higiene, o comportamento consigo e com o outro, a saúde e o bem-estar, as brincadeiras, os festejos e comemorações.

 

O CEDIN é um lugar incrível. Por vezes lidamos com histórias que nos sensibilizam e que nos fazem enfrentar aquela realidade e assistir, da melhor forma, aquela criança. Recebemos crianças com uma série de dificuldades, mas que em menos de seis meses já conseguem estabelecer relações consigo, com o outro e com o novo meio social. Aprendem e apreendem. Vemos, diariamente, a transformação acontecer. A alegria neste lugar, ainda que recheado de dificuldades, é contagiante e contagiosa” afirma Rosana Pavarin Buoso, Coordenadora do Centro.

 

As ações educacionais do CEDIN também estendem sua efetividade aos pais e responsáveis moradores da comunidade atendida. Durante o ano letivo são realizados encontros que promovem o entrosamento entre a escola e os atores envolvidos na vida da criança, incentivando a responsabilidade da formação e educação dos alunos.

 

Além do envolvimento de pais e responsáveis no processo educacional, no CEDIN as pedagogas da escola também atuam fortemente na formação curricular dos estagiários de pedagogia. Resultado da parceria com a Secretaria de Educação, com vistas à disseminação das práticas empregadas, as estagiárias são inseridas na metodologia construtivista desenvolvida pela instituição, oportunizando acesso à experiências que dificilmente são vistas ou aprofundados na academia.

 

Para a Secretária Municipal de Educação, Tânia Mara da Silva, “os professores que trabalham com a metodologia construtivista adquirem uma mente aberta, com atitudes investigativas, senso crítico, sensibilidade às mudanças do mundo e flexibilidade para aceitar o processo de mudança contínua da educação. Eles precisam dar mais de si e precisam estar, o tempo todo, se renovando para sustentar uma relação com as crianças que não se baseia na autoridade, mas na qualidade e tudo isso é muito positivo. O município é extremamente grato pelo trabalho desenvolvido”.

 

Mesmo considerando as diferenças socioeconômicas e culturais existentes nos alunos do CEDIN e em suas famílias, respeitando a história de cada indivíduo e o meio social no qual ele está inserido, os resultados obtidos são avaliados como excelentes. Diante da realidade em que as crianças vivem e de todos os desafios da educação, o CEDIN vem cumprindo com propriedade o seu papel frente ao compromisso do desenvolvimento integral da criança.

 

Ainda segundo a Secretária de Educação, “o CEDIN, parceria da Fundação Romi com a Secretaria Municipal de Educação, demonstra que apesar vivermos em uma sociedade capitalista, impregnada pela cultura individual, encontramos educadores dispostos a enfrentar os desafios de educar para o respeito, pelo exemplo, pela aceitação do novo, pela rejeição de qualquer forma de discriminação, por uma reflexão crítica sobre a prática, pelo bom senso, humildade, alegria, tolerância e essencialmente pela convicção de que a mudança é possível.” E continua, “o CEDIN, que trabalha com crianças em situação de vulnerabilidade social, não desenvolve apenas ações pedagógicas, mas também, políticas públicas educacionais”.

 

O resultado desse conjunto de ações coordenadas e de uma equipe capacitada fica evidente no desenvolvimento cultural, social e cognitivo, aliado ao bem-estar, saúde física e emocional apresentados pelos alunos ao término de cada etapa letiva, nesses seus cinco anos de existência. E, graças a isso, o CEDIN tem motivos suficientes para celebrar sua existência e, espera, comemorar muitos outros anos.

 

 

CEDIN

 

Fruto dos mais de 20 anos de sucesso do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi, o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil é resultado de uma parceria entre a instituição e a Secretaria Municipal de Educação de Santa Bárbara d´Oeste. Uma escola de ensino infantil, Jardim I e II, voltada para o atendimento de crianças de 4 e 5 anos, prioritariamente, em situação de vulnerabilidade social, e cuja metodologia tem como base o construtivismo de Jean Piaget, Paulo Freire e a experiência da cidade italiana Reggio Emilia.

 

O CEDIN está localizada na Avenida João Ometto, 200, Jd. Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1554.

 

 

Fundação Romi

 

Criada em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social por meio da educação e cultura. Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 37 mil pessoas por ano por meio de seus quatro grandes eixos: Centro de Documentação Histórica (CEDOC), o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil (CEDIN), o Núcleo de Educação Integrada (NEI) e a Estação Cultural (EC). Tendo como apoiadora as Indústrias Romi S.A. , instituições governamentais, não governamentais e a inicia privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir números mais expressivos por meio de suas áreas de atuação, seus programas e seus projetos.

 

A Fundação Romi está localizada na Avenida Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1555.

 

Comentários

Dennis Moraes