Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Entenda sobre a importância da arborização urbana

A arborização urbana se tornou pauta e também preocupação por parte dos ambientalistas no Brasil. Isso, porque a presença de árvores traz muitos benefícios para o país.

Em uma primeira interpretação, a arborização remete ao plantio de árvores. Mas, além disso, também existe um estudo pouco conhecido.

Esta área possui princípios que são consolidados, trazendo muitas vantagens à população. Nas cidades, as árvores exercem um papel importante, relacionado à qualidade de vida, bem-estar e melhorias em geral.

Dentre os muitos benefícios trazidos pelas arborização, é possível citar o bem-estar psicológico, melhoria estética, sombra para pedestres, proteção contra o vento, queda de poluição sonora, diminuição de temperatura e preservação da fauna silvestre.

No entanto, a arborização não é feita de maneira aleatória, já que é necessário um planejamento para isso. Dessa forma, é importante que os governos de cada cidade, tenham em mente a importância desse planejamento.

Além disso, é responsabilidade da gestão pública de cada município se atentar e realizar o planejamento de arborização. Isso envolve desde a concepção, até a implantação e manutenção.

Por isso, neste artigo vamos falar sobre a importância da arborização, as vantagens trazidas por ela e como esse planejamento deve ser feito.

A importância da arborização

Ao longo do século XX, muitas cidades brasileiras cresceram sem um planejamento adequado e desordenadamente. Isso acabou por trazer muitos problemas na infraestrutura e na qualidade de vida da população.

No meio de todos esses problemas, a arborização ficou em segundo plano. Além disso, o aumento da população, postes de energia, impermeabilização e muitas outras coisas transformaram as cidades em locais pouco suscetíveis a áreas verdes.

Até mesmo a construção de jardins e quintais privativos foi prejudicada, principalmente por conta da infertilidade do solo. Isso é um problema, porque uma boa vegetação é muito importante para a qualidade de vida nos centros urbanos.

Ações como licenciamento ambiental Cetesb para diversas necessidades também é importante. Mas a arborização é fundamental, porque ela afeta diretamente no bem-estar do ser humano que vive nos grandes centros.

Isso, porque a arborização contribui para questões estéticas e térmicas. Em cidades mais arborizadas, a umidade do ar também é mais controlada. Afinal, elas equilibram o calor proveniente do asfalto e das construções de concreto.

Problemas como enchentes e erosões também são resolvidos com a arborização. Isso acontece, porque a copa das árvores diminui o impacto com o solo. Como consequência também se diminuem as enchentes.

A arborização também evita que as prefeituras gastem mais dinheiro com a saúde. Isso porque as árvores filtram os raios solares, protegendo a pele e a visão.

Além de beneficiar a vida humana, as árvores também protegem todo um ecossistema, servindo de abrigo para insetos e pássaros, também oferecendo a eles alimentos.

Muitos cuidados são necessários no dia a dia das pessoas, como no caso do laudo AVCB. Mas somente a arborização consegue agir de maneira natural contra excesso de ruídos e alta luminosidade.

Além disso, ela obstrui, conduz e filtra o vento, protegendo construções. A poluição sonora também é reduzida.

A poluição do ar diminui consideravelmente na presença de grandes áreas verdes. Isso acontece porque as árvores conseguem reter partículas em suspensão no ar, provindas dos veículos que circulam pela cidade. 

Isso impede que diversas doenças como asma, pneumonia, bronquite, entre outras se agravem.

Além disso, as árvores são muito importantes no combate ao aquecimento global, por meio da fotossíntese que captura gás carbônico, formando estruturas vegetativas. 

Analisando toda essa importância, não fica difícil de imaginar as vantagens da arborização.

Vantagens da arborização

Se perguntarmos a um consultor ambiental quais são as vantagens da arborização urbana, ele dirá que vai muito além de beleza estética. 

Com certeza, as árvores e praças vegetativas embelezam o ambiente, misturadas à arquitetura da cidade.

Mas a verdade é que a arborização traz muito mais do que isso. Exatamente por essa razão, este assunto está entre as pautas mais discutidas pelas prefeituras e governos do estado. 

As principais vantagens trazidas pela arborização são:

  • Adição de cores ao cenário urbano;
  • Quebra de monotonia;
  • Promoção da cidade;
  • Valorização dos imóveis;
  • Educação ambiental para a população.

A principal vantagem está na promoção de qualidade de vida à população, pois esta passa a ter mais acesso ao conforto ambiental.

As árvores ainda trazem benefícios econômicos, pois protegem as pessoas de muitas doenças respiratórias e doenças de pele.

Qualquer empresa de remediação do solo também classificaria os benefícios estéticos quanto à adição de flores, troncos e folhas que quebram aquele cenário acinzentado presente em grandes cidades.

Essa quebra de monotonia também se deve à adoção de dinamismo na paisagem urbana, por meio de materiais e linhas geométricas, queda e brotação de folhas, floração e frutificação.

Além disso, uma cidade bem arborizada também é mais turística, o que ajuda a manter a cidade mais economicamente ativa neste mercado. Inclusive, muitas ruas de cidades do mundo inteiro são conhecidas devido à arborização.

Uma pessoa que esteja construindo um imóvel e precise de licença prévia Cetesb, também pode aproveitar para plantar uma árvore na calçada da futura residência/comércio. Isso é vantajoso, porque imóveis próximos a árvores são muito mais valorizados.

Isso acontece porque esses imóveis passam a consumir menos energia, principalmente no que diz respeito a aparelhos como o ar condicionado, uma vez que as árvores proporcionam conforto térmico.

Cidades bem arborizadas também oferecem mais conhecimento ambiental para a população. 

Afinal fica mais fácil perceber as diferenças existentes entre espaços arborizados e não arborizados. Além disso, existe a oportunidade de conhecer diferentes espécies de árvores, folhas e frutos.

Para ter acesso a todos esses benefícios da arborização, é necessário investir em mudas de qualidade, além de cuidados como podas. 

As podas, além de valorizarem a copa das árvores e permitirem que cresçam saudáveis e sem o acúmulo de pragas, também impedem danos à fiação.

Tudo isso faz parte de um planejamento que precisa ser bem realizado por parte das prefeituras, em conjunto com diversas instituições, como as empresas de consultoria ambiental.  

Como a arborização é planejada

É de responsabilidade do município o planejamento ambiental referente à arborização. E este planejamento deve abranger, desde a concepção da ideia até a manutenção dos plantios.

Para isso, são envolvidas empresas e profissionais, como os técnicos e ambientalistas, devidamente capacitados para o plantio, poda e supressão.

Durante a análise realizada para o planejamento, diversas características peculiares do município são levadas em consideração. Essas são características culturais, sociais, ambientais e de memória.

Por exemplo, um monumento tombado não pode ser substituído por uma árvore. Por isso, é necessário que haja todo um planejamento. Isso também envolve a segurança pública e a mobilidade dos cidadãos.

Em grandes cidades, como São Paulo, por exemplo, a mobilidade urbana é essencial. Uma arborização mal planejada pode trazer muitos problemas e interferir nessa mobilidade. 

Além disso, redes de fiação elétrica também podem ser severamente prejudicadas sem o devido planejamento.

Uma queda de árvore, por exemplo, pode interromper o fornecimento de energia para muitas ruas de um mesmo bairro, o que leva à necessidade de manutenção de geradores.

Portanto, não basta apenas plantar a muda e esperar ela crescer, é necessário saber onde ela será plantada, o quanto ela vai crescer e, principalmente, cuidar de sua manutenção.

O planejamento de arborização também engloba o corte definitivo de algumas árvores que apresentem algum risco. Árvores muito antigas e que estão prestes a cair podem atingir pessoas e veículos e causar danos irreversíveis.

Por isso, é imprescindível que o planejamento da arborização urbana evite conflitos no que diz respeito a outras necessidades da vida na cidade grande.

Isso inclui a preservação da iluminação pública, monumentos e construções tombadas, muros, calçadas, ruas e avenidas. A arborização é importante, mas ela deve ser feita do jeito e no lugar certo.

Para isso, as prefeituras podem consultar seus fornecedores, como fábrica de postes em SP, além de fazer um inventário de árvores. 

Conhecendo todo o arsenal arbóreo da cidade fica muito mais fácil saber como trabalhar. O inventário também ajuda a entender como essas árvores se relacionam e beneficiam o ambiente em que estão inseridas, ajudando a escolher o melhor tipo para cada região.

As árvores são verdadeiros patrimônios naturais para as cidades, grandes ou pequenas. É importante que elas sejam cultivadas e bem cuidadas, não apenas pelos órgãos públicos como também pelas pessoas.

Ter uma boa e completa arborização é o jeito mais inteligente de viver em uma cidade bonita, confortável e saudável para todas as pessoas. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.