Em resposta a Carlão e Bonfim, Prefeitura confirma fechamento de salas em diferentes escolas


Em resposta aos vereadores Giovanni Bonfim e Antonio Carlos Ribeiro, o Carlão Motorista, da bancada do PDT no Legislativo barbarense, a Secretaria Municipal de Educação confirmou o fechamento de algumas salas de aula e o reagrupamento de salas em quatro escolas. Segundo a Administração Municipal, os agrupamentos são efetuados em unidades onde há diminuição de alunos e cujo agrupamento não fique acima do módulo, de acordo com o Regimento das Escolas Municipais.

No documento encaminhado aos parlamentares, a Secretaria de Educação explica que o CAIC Irmã Dulce passou a contar com três salas para alunos do quinto ano. Antes essa escola contava com quatro salas de aula para estudantes dessa faixa etária. Com o reagrupamento, cada sala conta, agora, com 35 alunos. No caso da Emefei Professora Mariana Fracassi Schmidt, que anteriormente contava com quatro salas para alunos do Jardim II, o reagrupamento manteve três salas de aula, duas com 24 alunos e uma delas com 22. Na Emefei Vereador José Luís Gomes da Silva – Zelo, os alunos do 1º ano foram reagrupados em duas classes com 28 anos, antes esses estudantes eram divididos em três salas. Por fim, ainda na Emefei Zelo, os 34 alunos do quarto ano passaram a estudar em uma única sala de aula, anteriormente eles eram atendidos em duas turmas.

Ainda na resposta aos parlamentares, a Secretaria Municipal de Educação informou o nome das 27 escolas municipais que atendem crianças com deficiência e relatou o número total de docentes na rede municipal: 302 na Educação Infantil, sendo 286 ativos; 456 no Ensino Fundamental, 423 ativos; sete professores de Artes, 5 em atividade; 35 professores para Educação Básica II – Especial, 33 ativos; 35 professores de Física, 30 ativos; e 23 professores de Inglês, 21 em atividade.

Também no documento encaminhado aos vereadores, a Prefeitura respondeu o questionamento a respeito do montante do FUNDEB aplicado em Educação em 2015. Conforme informações da Administração Municipal, foram repassados mais de R$ 55,6 milhões ao Município. Além disso, a Administração informou o percentual orçamentário aplicado em Educação no ano passado, que é equivalente a 29,06% do total. A Secretaria de Educação também revelou o valor gasto com horas extras nesta pasta ao longo de 2015, um montante superior a R$ 1,2 milhão.

Comentários

Notícias relacionadas