Duzzi questiona falta de leitos de UTI pediátrica em Americana


O vereador Valdecir Duzzi (SDD) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações à secretaria de Saúde sobre a falta de leitos de UTI pediátrica na rede pública municipal de saúde de Americana.

 

De acordo com o parlamentar, diversos usuários do sistema de saúde o procuraram no gabinete reclamando da demora em localizar leitos na cidade. “Temos informações de pacientes encaminhados a municípios vizinhos e da demora em localizar leitos para o atendimento urgente”, relata.

 

Duzzi destaca no documento que as unidades de terapia intensiva necessitam de cuidados maiores para evitar a exposição e contaminação hospitalar, especialmente no caso da UTI pediátrica, em que a rotatividade de pacientes nos leitos gera situações críticas como morte por septicemia.

 

“Conforme recomendado pelo Ministério da Saúde, as UTIs devem funcionar atendendo a um parâmetro de qualidade que assegure a cada paciente o direito à sobrevida, assim como a segurança da manutenção da estabilidade de seus parâmetros vitais e uma exposição mínima aos riscos decorrentes do próprio tratamento”, acrescenta o vereador.

 

No requerimento, Duzzi pergunta quantos leitos de UTI pediátrica estão disponíveis atualmente para atender à população dos municípios da região. Questiona, ainda, se as secretarias municipais de saúde são obrigadas a recorrer à Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (CROSS) quando necessitam de leitos, bem como quais os critérios adotados pela central para indicação de um leito.

 

O vereador pede ainda que seja informada a previsão de investimento para 2016 e se existe projeto de criação da UTI pediátrica e ampliação da UTI neonatal em Americana, além da quantidade de pacientes na lista de espera mensal nos hospitais municipais.

 

O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em Plenário, durante a sessão ordinária de quinta-feira (11).

Comentários

Notícias relacionadas