Dono de grandes conquistas, Brasil celebra Dia Nacional do Futebol

Não poderia faltar no Brasil uma data exclusiva do calendário nacional que celebrasse o futebol, esporte tão amado nessas terras. Estabelecida no ano de 1976, a comemoração do Dia Nacional do Futebol acontece todo 19 de julho. A data foi instituída em homenagem ao clube mais antigo – e ainda em atividade- do Brasil, o Sport Club Rio Grande, fundado nessa mesma data, no ano de 1900.

O futebol começou a ser praticado no Brasil após o paulistano Charles Miller trazer da Inglaterra, em 1894, duas bolas, alguns uniformes e um conjunto de regras. Porém, a primeira partida ocorreu somente em 1895, no dia 15 de abril, entre funcionários da Companhia de Gás contra a Companhia Ferroviária São Paulo Railway.

Da primeira partida até se tornar o esporte mais popular do país passou-se algum tempo. Antes, o futebol precisou ganhar o espaço que era preenchido pela regata no gosto do brasileiro, porém, quando isso aconteceu não houve mais volta.

Em São Paulo, o primeiro clube a adotar o futebol foi o São Paulo Athletic Clube. Fundado em 1888 para a prática do críquete, o clube foi o lugar onde Charles Miller, em 1894, começou a dar as primeiras aulas sobre o futebol no país.

Na sequência, foram fundados para a prática do futebol a A.A Mackenzie College, em 1898; o Sport Club Internacional e o S.C Germânia, ambos em 1899. Todos em São Paulo. Porém, destes, apenas o Mackenzie e o Germânia permanecem ativos, mas tiveram os seus departamentos de futebol extintos.

Atualmente, a Ponte Preta é o segundo time mais antigo em atividade no Brasil. O clube foi fundado em 11 de agosto de 1900, apenas 21 dias após a criação do Rio Grande (RS). Porém, diferentemente do clube gaúcho, o paulista jamais encerrou as suas atividades.

Embora os brasileiros tenham conhecido o futebol tempos depois dos ingleses – considerados os precursores da prática-, e outros povos, o Brasil tornou-se a principal referência do esporte no mundo.

Apesar de algumas decepções em campo, como a derrota na final da Copa de 1950, o Brasil encantou o mundo com as seleções de 58, 62 e 70, entre outras, e, hoje, com cinco mundiais, é o maior vencedor da história das Copas.

Comentários

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta