DAE instala adutora na Rua XV de Novembro


O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste iniciou nesta segunda-feira (15) os serviços de instalação da adutora de água tratada pela Rua XV de Novembro. A nova adutora irá substituir a antiga existente na Rua Riachuelo, que tem tubulação de amianto, material ultrapassado e responsável pelos constantes transtornos causados com problemas de vazamentos. A medida integra a obra de troca de redes de água e adutoras do Centro da cidade, que vem sendo executada desde o mês passado pela autarquia, com investimentos de R$ 2.746.677,74 em recursos do governo estadual e DAE.

 

A nova tubulação terá 3.051 metros de extensão, do trecho próximo à antiga estação ferroviária, na Avenida Tiradentes – ponto de partida da obra -, até o cruzamento com a Rua Treze de Maio, onde já existe um ponto de interligação, e será responsável pelo abastecimento de água da região central via ETA (Estação de Tratamento de Água) II, localizada na Vila Aparecida, e distribuirá o líquido por meio das novas redes que estão sendo instaladas pelas calçadas. Ao todo serão 24.000 metros de novas tubulações de polietileno de alta densidade.

 

“É uma obra que há tempo vem sendo esperada pelos moradores do Centro e é de extrema importância pelo fato relacionado à estiagem, uma vez que uma obra deste tamanho contribui muito para o controle de perdas. É um dos investimentos aplicados pelo DAE, através da administração do prefeito Denis Andia, que garantem a qualidade nos serviços prestados à população barbarense”, disse o diretor-superintendente do DAE, Rafael Piovezan.

 

A rede de distribuição e os ramais de água existentes nesta região são de ferro e amianto, materiais que foram instalados há cerca de 50 anos e já não são mais apropriados para o abastecimento público. A obra contribui com o controle de perdas do município e traz melhorias na distribuição, além de garantir a qualidade da água que é tratada e distribuída em Santa Bárbara d’Oeste.

 

O trânsito não ficará interditado durante as intervenções, apenas sofrerá alterações no trecho da via que estiver em obras, ficando com apenas meia faixa interditada. Com isso, o DAE solicita a atenção redobrada por parte dos motoristas quanto à movimentação de máquinas e homens pelo local. A autarquia pede ainda a compreensão dos moradores dos quarteirões que serão beneficiados com a obra, que compreende o quadrilátero formado pelas Ruas Duque de Caxias, João Lino, Avenida Corifeu de Azevedo Marques e Avenida Tiradentes.

 

 

DAE/SBO

Comentários

Notícias relacionadas