DAE explica a falta da água de hoje e mantém manobras no abastecimento

Com relação à falta da água que afetou alguns pontos da cidade no dia de hoje (19), o DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste informa que o motivo foi um imprevisto na noite de ontem (18) com a paralisação das bombas na Represinha – ponto de captação de água bruta – durante a execução do plano de enfrentamento da crise hídrica que a autarquia vem implantando no período noturno, e que consiste na redução da vazão da água a fim de combater as perdas e, assim, evitar ao máximo tomar decisões mais drásticas no abastecimento por conta do agravamento da estiagem. A equipe operacional do DAE esteve ontem na Represinha instalando um inversor de frequência, que se trata de um dispositivo que auxilia nas manobras de redução da vazão.

O problema foi solucionado na manhã desta quarta-feira, contudo a distribuição da água estará se normalizando gradativamente em alguns bairros conforme o tempo que demanda a recuperação dos níveis dos reservatórios, sem previsão do horário para o restabelecimento total. O DAE segue com as manobras de redução da vazão no horário das 18 às 6 horas e, segundo a equipe técnica, o abastecimento estará normalizado para esses pontos da cidade na manhã desta quinta-feira (20).

Com a redução da vazão, a economia da água atinge a ordem de 20.000 m³ por dia de água. Outras ações, essas a médio e longo prazo, vêm sendo tomadas pelo departamento que visam o controle de perdas, como trocas de redes e adutoras antigas existentes na cidade; cerca de 25 mil hidrômetros serão trocados pelo tempo de uso, sem custo para o consumidor; instalou comportas na represa São Luiz que irá aumentar em 800 milhões de litros a sua capacidade hídrica; e a lei que estabelece desconto há quem reduzir o consumo de água e aplicar multas em casos de desperdício estará sendo aplicada.

Diante dessas ações, o DAE pede a compreensão da população nesse período crítico de estiagem que todo o estado vem enfrentando, e reforça o pedido de colaboração com a economia da água. Fiscais da autarquia seguem orientando os munícipes que forem flagrados ou denunciados desperdiçando a água. Os telefones do DAE são: 0800-770-3459 ou 3459-5910.

 

DAE/SBO

Comentários

Notícias relacionadas