DAE analisa projeto piloto no Jardim Itamaraty e no Laudisse I, na quarta-feira: abastecimento pode ser afetado

O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste, em parceria com a Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí – ARES/PCJ – e a empresa fabricante de medidores – Itron -, realizará testes de estanqueidade na quarta-feira (24) na rede de distribuição de água dos bairros barbarenses selecionados pela Agência, no Jardim Itamaraty e no Laudisse I. O objetivo é verificar a existência de pontos de perdas de água através de um projeto piloto instalado no sistema de distribuição dos bairros, que permite o controle e a medição por radiofrequência – telemetria.

 

Os testes terão início a partir das 8 horas da manhã e a previsão de conclusão é por volta do meio-dia, período em que podem ocorrer interrupções no abastecimento de água nestes dois bairros vizinhos. Diante disso, o DAE solicita a compreensão dos moradores.

 

De iniciativa da ARES/PCJ, este projeto pioneiro atua nos bairros desde dezembro de 2015 e, por meio de relatórios emitidos em testes anteriores, que indicaram as providências a serem tomadas, o índice de perdas ficou abaixo de 10 % devido às ações executadas pelo DAE: controle de pressão, adequação do parque de hidrômetros, pesquisas e reparos de vazamentos de água.

 

O projeto compreende instalações de equipamentos, como macromedidores e hidrômetros especiais, que monitoram a pressão de água pelo sistema de telemetria, possibilitando a visualização e operação diária on-line da leitura sobre o que entra e sai de água na região, do consumo de cada residência e demais informações relacionadas à vazão e pressão. A intenção, segundo a ARES/PCJ, é difundir a eficiência do projeto a todos os seus municípios associados.

 

DAE/SBO

Comentários

Notícias relacionadas