Corinthians/Americana luta, mas fica com a medalha de prata na LBF


O Corinthians/Americana lutou, mais uma vez não se intimidou com ginásio lotado, mas desta vez acabou superado pelo Sampaio Corrêa, por 78 a 50 (36 a 30, no intervalo), no Castelinho, em São Luís, e terminou com a medalha de prata na Liga de Basquete Feminino (LBF). A pivô Damiris foi a cestinha alvinegra com 15 pontos.

O time americanense termina a temporada com mais um pódio. As comandadas de Vendramini terminaram com o título Sul-Americano, no Chile, e no Campeonato Paulista, além do segundo lugar na LBF. Damiris ainda levou o troféu de Craque da Galera de melhor jogadora do torneio por voto popular.

“Fica a impressão que podíamos ter dado mais, principalmente, quando jogamos em casa nesta final. Mas elas foram guerreiras, não só hoje, mas durante toda temporada. Do outro lado tinha uma grande equipe e não conseguimos acompanhar o ritmo”, comentou o técnico Antônio Carlos Vendramini.

O JOGO – O Corinthians/Americana começou com bom ritmo ofensivo, empurrado pelo desempenho das pivôs Gil e Damiris, que combinaram para nove pontos. Mais uma vez, o time americanense conseguiu se controlar em meio a pressão do Castelinho lotado e se manteve no jogo, apesar de terminar o primeiro quarto atrás (22 a 16).

No segundo quarto, as reservas do Corinthians/Americana mantiveram o alto nível, apertando a marcação e ficando mais de dois minutos sem sofrer pontos. Desta forma, a diferença caiu para apenas dois pontos (26 a 24). A cubana Boulet, uma das reservas que entraram, anotou oito pontos, mas a vantagem foi maranhense no intervalo: 36 a 30.

O time americanense se desconcentrou após o intervalo, viu as maranhenses crescerem no jogo e aproveitarem o embalo da torcida para ampliarem o marcador. Com boa vantagem, Sampaio esperou o tempo passar e comemorou mais uma vitória.

 

CORINTHIANS/AMERICANA
Babi (4 pontos), Joice (6 pontos), Karla (7 pontos), Damiris (15 pontos) e Gil (6 pontos). Técnico – Antônio Carlos Vendramini
Entraram:  Melissa Gretter (-), Boulet (8 pontos), Izabella (-) e Kátia Silva (1 ponto)

 

Fotos: Biaman Prado/LBF

Comentários

Notícias relacionadas