Coral do Nei encerra a Semana Cultural Italiana na Estação Cultural


O Circolo Italiano de Santa Bárbara d’Oeste realizou nesta semana uma série de eventos em comemoração à sua tradicional Semana Cultural italiana. E, para encerrar as comemorações, promove, dia 14/06, a apresentação do Coral do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi, na Estação Cultural, às 10h30 com entrada franca.

Agrupando mais de 200 vozes, o Coral do NEI é, na verdade, formado pelos corais Infanto-juvenil do 6º e 7º ano e Infanto-juvenil do 8º e 9º ano que, sob a orientação do Maestro Paulo César Bellan, professor de música e regente dos corais da escola da Fundação, apresentarão um repertório de músicas folclóricas tradicionais e canções clássicas da música italiana e napolitana, como Và Pensiero da Ópera Nabucco de Giuseppe Verdi até Funiculì Funiculà.

O Coral do NEI é parte da metodologia de ensino da escola. Fundado em 1996, em comemoração ao Centenário do Comendador Américo Emilio Romi, passou à compor a grade escola à partir de 1997, tornando-se uma tradicional atração para familiares e amigos, sobretudo, para a cidade de Santa Bárbara d´Oeste.

Semana Cultural Italiana 

O Circolo Italiano de Santa Bárbara d’Oeste abriu as comemorações com um típico jantar, combinando boa massa e bons vinhos. Na Casa Herman Müller, em Americana, com apoio da Prefeitura Municipal de Americana, realizaram o workshop “Como obter a Cidadania Italiana”. Ainda como parte das comemorações, promoveram a excursão ao Eataly Brasil, o maior centro comercial italiano no Brasil, instalado no Itaim Bibi na cidade de São Paulo, e, para encerrar, fecham a Semana Cultural Italiana com a apresentação do Coral do NEI na Estação Cultural, neste domingo, 14/06, às 10h30.

Programação do Domingo na Estação Cultural

Nesse domingo, 14/06, a Estação Cultural, espaço da Fundação Romi, além de abrir espaço para a apresentação do Coral do NEI encerrando a Semana Cultural Italiana, recebe a Barraca do Livro Viajante e a Feira Grátis da Gratidão com aulão de Yoga.

A Barraca do Livro Viajante é uma iniciativa da Feira Livre de Santa Bárbara d´Oeste. Sua essência é incentivar a leitura e estimular as trocas e doações de livros, revistas e gibis. Esse espaço na Feira Livre disponibiliza ao público uma série de títulos para empréstimo, que vão desde livros técnicos e clássicos da literatura brasileira, até os best-sellers mais atuais. O movimento de incentivo cultural à leitura também está aberto às doações de exemplares.

A Feira Grátis da Gratidão é uma feira onde as pessoas levam o que quiserem (ou nada), pegam o que quiserem (ou nada). O mote do evento, que tem acontecido em várias cidades do mundo e faz com que a feira seja um sucesso, é o compartilhar. O evento estimula o exercício do dar por se sentir abundante, sem esperar nada em troca. Nesta edição, 14/06, terá uma novidade: a Lisiane Higa, uma dar organizadoras da Feira da Gratidão, doará um aula aberta de yoga, às 9h. Qualquer um pode participar, basta ir com roupas confortáveis e levar uma toalha, esteira ou cobertor para forrar o chão.

Estação Cultural

Inaugurada em 2007, a Estação Cultural é resultado da revitalização da antiga estação ferroviária de Santa Bárbara d´Oeste pela Fundação Romi. O local tornou-se referência em toda a região por oferecer opções culturais de qualidade e gratuitas para todos os públicos ao longo do ano. Desde sua inauguração, mais de 150 mil pessoas já visitaram e participaram de suas oficinas, eventos e exposições. A Estação Cultural está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d´Oeste. Para mais informações, entre em contato pelo telefone 3455-4830.

Fundação Romi

Criada em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social por meio da educação e cultura. Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 37 mil pessoas por ano por meio de seus quatro grandes eixos: Centro de Documentação Histórica (CEDOC), o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil (CEDIN), o Núcleo de Educação Integrada (NEI) e a Estação Cultural (EC). Tendo como apoiadora as Indústrias Romi S.A., instituições governamentais, não governamentais e a iniciativa privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir números mais expressivos por meio de suas áreas de atuação, seus programas e seus projetos.

Comentários

Notícias relacionadas