SB24Horas

Notícia na hora certa!

Conheça 6 tendências do mercado fitness para 2022

Startup Tecnofit lança estudo com o que deve bombar no segmento para o próximo ano.

O número de pessoas que pratica exercícios físicos no Brasil é bastante considerável. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2019, por exemplo, os praticantes eram 30% da população, um crescimento de 8% em relação a 2013. E com a pandemia da Covid-19 esse número tende a subir ainda mais. Isso porque praticar exercícios tornou-se muito mais do que uma estratégia para conquistar o corpo ideal ou ter momentos de lazer. Agora ser fitness significa, mais do que nunca, cuidar da saúde.

Ao longo de 2020 e 2021 todos os gestores de negócios fitness precisaram se reinventar para manter os alunos. Agora, diante do cenário de enfraquecimento da pandemia e de grande parte da população vacinada, certamente o setor tende a crescer ainda mais. Tendo isso em vista, a Tecnofit, especialista em sistemas de gestão para academias, crossfit, studios e demais centros de prática de exercício físico orientado, conversou com cinco especialistas da área para entender o que deve ser tendência em 2022.

Para fazer esse material, batizado de Tecnofit Trends, foram entrevistados: Felipe Kutianski, Professor de Educação Física com alunos em 7 países e pioneiro de calinestenia em Curitiba; Cris Wotroba, CEO & Programmer na Steel Giants Fitness e Performance; Karine Holanda, nutricionista; Thiago Pimenta, Doutor em Ciências da Motricidade e especialista em esporte escolar; e Fellipe Mattos, diretor de operações na Tecnofit.

Confira abaixo as top 6 tendências para a área fitness em 2022:

 

Aulas on-line

As aulas on-line já apareciam como tendência para o segmento fitness em 2019, de acordo com o relatório do American College of Sports and Medicine (ACSM). Em 2021 ela foi a campeã desse mesmo relatório, e certamente deverá permanecer em evidência em 2022.

“A pandemia foi um acelerador nesse crescimento. Outros pontos também foram fundamentais para a possível permanência dessa tendência: segurança, comodidade, tempo e economia”, comenta Felipe Kutianski.

Não importa se as aulas são gravadas ou ao vivo, os especialistas apontam que todas as modalidades terão espaço entre os praticantes. Além disso, no lado dos profissionais, as aulas on-line permitiram escala. Ou seja, personal trainers conseguiram multiplicar seus rendimentos, com aumento na carteira de clientes e economia de logística. Portanto, essa é uma aposta forte do setor.

Bike indoor

Perder calorias e ainda fortalecer os sistemas cardíaco e respiratório. Essa é a premissa da bike indoor, uma aula que já vem ganhando espaço no Brasil. Para Cris Wotroba, os espaços que trouxerem essas aulas repaginadas, com ênfase nos benefícios sociais e emocionais, deve experimentar grande crescimento em 2022.

Atividades ao ar livre

No relatório da ACSM de 2021, as atividades ao ar livre estavam na 4ª posição. Para o professor Felipe Kutianski essa prática deve continuar em alta em 2022. Os exercícios ao ar livre podem ir desde uma corrida individual até passeios de bicicleta em grupo, além de grupos de trilha e escalada.

Como avanço da vacinação global e uma melhora no cenário pandêmico as possibilidades de crescimento de atividades ao ar livre são maiores puxadas ainda pelo fator “socialização”. Depois de 2 anos com restrições e distanciamentos sociais recomendados pela OMS para controle da pandemia, certamente uma enorme gama de praticantes de exercício físico e novos praticantes irão explorar melhor esse segmento.

Esse retorno é uma forte aposta do setor de welness, assessorias esportivas e yoga.

Formação profissional

Neste ano de 2021, a formação profissional esteve entre as 20 principais tendencias da ACSM. Thiago pontua que autonomia, pró-atividade, preparação e busca por novos conhecimentos nunca foram tão valorizados quanto nesse período em que vivemos.

“Bons profissionais com competências procedimentais não são mais valorizados quanto profissionais que possuem mais competências atitudinais”. Ou seja, profissionais que têm mais habilidades em interagir e conviver (competências atitudinais) terão maior mercado no cenário do segmento fitness.

Com tantas informações on-line e offline esse é o momento que profissionais precisam buscar por cursos, atualizações e formações para complementarem a sua bagagem.

Performance mental

Para a nutricionista Karine Holanda os alimentos e nutrientes para performance mental estarão em alta no próximo ano. O trabalho remoto ganhou espaço com a pandemia e se solidificou para muitos. Portanto permanecer em casa e manter a performance mental é desafiador.

Para isso, uma alimentação equilibrada é fundamental. Ou seja, baixos níveis de açúcares e frituras, aliados a uma suplementação específica com antioxidantes, ômega 3 cogumelos e ervas adptógenas.

Ainda segundo a nutricionista, o uso inteligente de estratégias nutricionais favorece o foco, a concentração e reduzem o estresse. O acompanhamento com nutricionista deve estar em alta em 2022.

Business intelligence

O ecossistema fitness está cada vez mais competitivo. Os empreendimentos do segmento têm investido em tecnologia e neste contexto uma tendência cada vez mais adotada são as ferramentas de Business Intelligence (BI). Elas auxiliam o empreendedor na tomada de decisão e a encontrar melhores soluções para o negócio, seja a nível de atendimento do cliente até informações sobre as melhores formas investir recursos financeiros e aumentar a rentabilidade do negócio.

Para Fellipe Mattos “a inteligência de dados torna a compreensão dos gaps mais fácil e permite uma tomada de decisão mais assertiva e rápida”.

Outra funcionalidade é a criação de relatórios interativos e automatizados que auxiliam os gestores a conduzir a empresa ou ser compartilhado entre os colaboradores com a finalidade de monitorar indicadores essenciais para o sucesso do negócio.

Implementar tecnologias voltadas a inteligência do negócio e tomar decisões com fundamento em big data estão mudando rapidamente o mercado fitness. Segundo Fellipe a grande consequência disso são empresas mais rentáveis que se comunicam melhor com seu público, investem melhor seus recursos e conseguem prever riscos e impactos de mudanças repentinas.

Portanto, dominar essa tendência torna-se fundamental para o sucesso do negócio fitness em 2022.

Sobre a Tecnofit       

A Tecnofit é um sistema de gestão de negócios fitness totalmente on-line criado pelo programador Anderson Cichon e por Antonio Maganhotte Junior, sócio fundador do EBANX. Com o sistema, o gestor controla diversas áreas como financeiro, vendas, relacionamento, programa de fidelidade, agenda de turmas, fichas de treinos e muitas outras funcionalidades. Aliado a ele, existe também o aplicativo Tecnofit Gestão, que complementa a administração do negócio com total mobilidade, e o aplicativo Tecnofit destinado para o aluno, que controla ficha de exercícios, avaliação física, resultados, check-in nas aulas, contratos e renovação de planos.  A empresa ainda tem outros aplicativos: o Tecnofit Box, voltado para alunos de CrossFit; e o Personal, feito para a gestão e controle para personal trainers.