Confira a agenda do papa Francisco no Brasil

O papa Francisco chegará ao Rio de Janeiro na segunda-feira (22) para participar da Jornada Mundial da Juventude. Ele desembarcará por volta das 16h no aeroporto internacional Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro.

Do aeroporto, o pontífice irá para o Palácio Guanabara, onde haverá uma cerimônia de boas-vindas com a presença da presidente Dilma Rousseff, do governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e do prefeito da cidade, Eduardo Paes. No local, o papa Francisco fará o seu primeiro discurso no país.

Após a cerimônia, o pontífice ficará hospedado em um quarto de 45 m² no Palácio Apostólico do Sumaré, residência oficial da arquidiocese do Rio, no alto da estrada do Sumaré, Rio Comprido, na zona norte.

Um dos pedidos do pontífice foi que o cômodo fosse semelhante ao que será utilizado pelos cardeais da sua comitiva. O Palácio do Sumaré foi a residência escolhida por João Paulo 2 quando visitou o Brasil em 1980 e 1997.

AGENDA

23.jul.

Na terça-feira, o papa Francisco ficará na residência, onde presidirá missas privadas.

24.jul.

Antes de participar da Jornada Mundial da Juventude, o pontífice vai celebrar uma missa no Santuário Nacional Nossa Senhora da Aparecida, em Aparecida (180 km de SP) na quarta-feira. Por volta das 8h15, ele partirá de helicóptero do Sumaré até o santuário de Aparecida. A missa está marcada para começar por volta das 10h30.

Por volta das 16h10, sairá de Aparecida e retornará de helicóptero para o aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio. Por volta das 18h30, o papa participará da inauguração de um centro para dependentes químicos no hospital São Francisco, na Tijuca (zona norte).

25.jul.

Na manhã de quinta-feira, o papa Francisco realizará uma missa privada na residência do Sumará. Às 9h45, o pontífice irá até o no Palácio da Cidade, em Botafogo, onde receberá do prefeito Eduardo Paes, em um gesto simbólico, as chaves da cidade e, também, dará uma bênção à Bandeira Olímpica.

No mesmo dia, por volta das 11h, o papa vai visitar a comunidade da Varginha, no complexo de Manguinhos, na zona norte do Rio, onde abençoará os moradores da comunidade conhecida como a “faixa de Gaza” carioca, ocupada por forças policiais em outubro do ano passado, onde abrigava a maior cracolândia da cidade.

A escolha de Varginha, uma comunidade situada em um bolsão de pobreza, dentro de um território castigado por confrontos armados, atende a uma orientação do próprio papa Francisco, que determinou a inclusão de encontros com a parcela excluída da população em sua passagem pelo Rio.

Por volta das 18h, o papa vai se encontrar pela primeira vez com os participantes da Jornada Mundial da Juventude na praia de Copacabana, na zona sul do Rio. O ato é um dos considerados centrais da Jornada e o pontífice realizará um discurso.

26.jul.

Na sexta, o papa Francisco participa de uma missa privada na residência do Sumaré. Por volta das 10h, o papa ouvirá a confissão de quatro jovens em um ato que acontecerá na Quinta da Boa Vista.

Em seguida, ele tem encontro com jovens presos no Palácio São Joaquim, residência do arcebispo do Rio, localizada no bairro da Glória, na zona sul. No local, o pontífice fará oração do Angelus Domini do balcão central do Palácio São Joaquim.

Por volta das 18h, acontece a via-crucis na praia de Copacabana. Será o terceiro ato central da Jornada com um discurso do papa.

27.jul.

No sábado, o dia de Francisco começa com uma missa na Catedral São Sebastião com a presença dos bispos da Jornada Mundial da Juventude e de sacerdotes.

Logo após, ele se encontrará com representantes da sociedade no Teatro Municipal, do Rio de Janeiro. O papa deve fazer um novo discurso. Às 13h30, o pontífice almoça com bispos da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos no Brasil) no refeitório do Palácio Apostólico do Sumaré.

A partir das 19h30, o papa Francisco estará em Guaratiba, em um local batizado de Campus Fidei, onde participa de vigília de oração com jovens.

28.jul.

No domingo, o papa realizará às 10h uma missa em Guaratiba e fará a oração do Angelus Domini. No local, o pontífice vai anunciar onde será a próxima Jornada.

Às 17h30, Francisco participará de um evento no Riocentro no qual vai agradecer os voluntários que trabalharam na Jornada.

Por volta das 19h, ele embarca de volta para Roma (Itália). O discurso de despedida acontece no aeroporto do Galeão.

29.jul.

O papa Francisco deve chegar no aeroporto de Roma Ciampino por volta das 11h30 (horário local).

 

Folha de São Paulo

Comentários

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta