Conespi quer integração com Secretaria do Trabalho para ampliar programas estaduais em Piracicaba


Garantir uma maior  integração com a Secretaria Estadual do Trabalho para ampliar os programas sociais ofertados pelo governo do Estado de São Paulo em Piracicaba e região. Esta foi a principal reivindicação que a diretoria executiva do Conespi (Conselho das Entidades Sindicais) fez nesta segunda-feira, 08 de junho, em audiência oficial com o secretário estadual do Trabalho, José Luiz Ribeiro, realizada na própria secretaria, em São Paulo.

O secretário, que também é presidente licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba, e que conhece as demandas dos trabalhadores de Piracicaba e região, agradeceu esta primeira visita oficial do Conespi, e se prontificou a analisar com muito carinho a reivindicação apresentada pelo grupo que esteve formado pelo presidente Fânio Luis Gomes (Alimentação), Francisco Pinto Filho, o Chico (Papeleiros), José Antonio Fernandes Paiva (Bancários), Milton Costa (Construção Civil), Valdivino Lucas e José Carlos (Transportes Rodoviários), Valdir Sgrigneiro (Municipais) e Vitor Roberto (Comerciários). Para ampliar a discussão em torno desta reivindicação do Conespi, José Luiz Ribeiro já agendou um encontro regional com os sindicalistas da cidade, para o próximo dia 20 de julho, em Piracicaba, em local ainda a ser definido. “É muito bom recebê-los aqui e pode ter a certeza de que a Secretaria Estadual do Trabalho e Renda está de portas abertas para os trabalhadores de Piracicaba e região e para vocês”, disse, ao lado do diretor regional da SERT, Evandro Evangelista, que também participou da reunião.

Fânio disse que a reivindicação do Conespi  para que as ações e programas da Secretaria Estadual do Trabalho e Renda sejam realizadas de forma integrada é porque os sindicatos de trabalhadores sabem das necessidades das suas categorias em Piracicaba e nas cidades da região. “Com esta  maior aproximação acreditamos que poderemos contribuir muito mais com os nossos trabalhadores, uma vez que a secretaria oferece inúmeros programas, como o Banco do Povo Paulista, Time do Emprego, Trabalho Decente, PAT, entre outros, voltados à qualificar e requalificar trabalhadores, assim como à garantir recursos e serviços aos trabalhadores”, disse.

Para ajudar neste período de crise, o Conespi também defendeu mais linha de crédito para o Banco do Povo Paulista e programas voltados a empregar trabalhadores que estão perdendo o emprego. José Luiz disse que estas reivindicações são bem-vindas e que nestes primeiros meses à frente da pasta está procurando colocar “a casa em ordem” e a planejar ações para os quatro anos do governo estadual voltados à geração de emprego e renda no Estado, sendo que para Piracicaba está buscando viabilizar inclusive  um imóvel para instalação da diretoria regional da SERT e que as reivindicações do Conespi serão analisadas com muito carinho.

 

Assessoria

Comentários

Notícias relacionadas