Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Capivari registra recorde de empreendimento imobiliários


São 2.501 unidade habitacionais disponíveis entre loteamentos, apartamentos e condomínios. Enquanto a cidade oferece mais oportunidades do sonho da casa própria, outras estão sendo regularizadas.

 

Há quase 20 anos, o município de Capivari não registrava oferta de novos loteamentos. Para se ter uma ideia, o último foi o São Pedro, em 1997. Mas essa situação mudou em 2015 e atualmente a cidade conta com a oferta de 2.501 unidades habitacionais.

O principal motivo deste grande aumento de oferta na área habitacional foi o crescimento populacional. Até então, de acordo como IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o município contava com menos de 50 mil habitantes. Isto fazia com que o programa Minha Casa, Minha Vida financiasse apenas R$ 90 mil para a compra de imóveis. “Este valor era muito baixo, por isso não havia interesse de empresários em criar novos empreendimentos na cidade. Com o aumento no número de habitantes o programa passou a financiar até R$ 190 mil, o que atraiu inúmeras unidades habitacionais. Hoje contamos com loteamentos, casas, apartamentos e condomínios. São várias opções para a nossa gente. Mas é claro que tudo isso foi possível graças a um trabalho sério da Secretaria da Habitação”, ressaltou o prefeito, Rodrigo Proença.

Já existem empreendimentos prontos e em construção. Capivari ainda será contemplada com 224 casas populares. A Prefeitura realizou homologação em maio de 2015 e já existe uma empresa ganhadora da licitação, mas está no aguardo da liberação da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) para início da obra.

A Prefeitura de Capivari orienta os munícipes que estão à procura da casa própria para que procurem a Secretaria da Habitação que poderá dar orientações sobre os empreendimentos, além de informar sobre documentação dos mesmos.

 

Regularização

 

A Secretaria da Habitação está trabalhando para a regularização de 76 residências. Há mais de 20 anos, estes munícipes estão à espera da documentação. Além disso, existem mais sete casas que também serão regularizadas na Morada do Sol.

Outras 384 casas do São João já estão passando por essa regularização por meio do Programa Cidade Legal que tem como objetivo implementar, agilizar e desburocratizar as ações e os processos de regularizações fundiárias de núcleos habitacionais. “A regularização dos loteamentos é um sonho. Agradeço muito a todos da Secretaria que estão se empenhando em garantir a documentação a estas famílias.”, ressaltou.

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Dennis Moraes