Capivari: Cadeiras de Rodas tomam lugares de vagas de estacionamento para conscientização


“Volto em um minuto. É rapidinho”. Esta é a desculpa usada pelas pessoas que estacionam em vagas destinadas a cadeirantes e idosos. No Dia da Luta das Pessoas com Deficiência, comemorado na segunda-feira, dia 20, as cadeiras de rodas ocuparam as demais vagas de estacionamento para conscientizar a população. É a campanha “Esta vaga não é sua nem por um minuto” que atraiu olhares de quem passava pela Rua XV de Novembro e Avenida Pio XII.

Na ocasião, os motoristas que estacionaram nas vagas de cadeirantes e idosos ou em rampas de acesso receberam uma notificação de “Multa Moral” com a seguinte penalidade: “Aceitar esse puxão de orelha com bom humor e admitir seu erro. Pense que esta vaga existe por um motivo especial: Ela é adaptada às necessidades de quem realmente precisa. Você não gostaria que impedissem sua mobilidade. Então reflita melhor da próxima vez”.

Pela manhã, as cadeiras tomaram alguns quarteirões da Rua XV de Novembro e a tarde elas foram instaladas no estacionamento do Covabra que foi um apoiador da campanha. Nos semáforos foram distribuídos folhetos de conscientização.

O prefeito, Rodrigo Proença, acompanhou a ação e falou sobre a importância da campanha. “Este projeto foi muito bem desenvolvido pela Secretaria dos Direitos da Pessoa e Mobilidade Reduzida. As vagas para deficientes e idosos precisam ser respeitadas, além das rampas de acesso que facilitam a locomoção destas pessoas. A Prefeitura de Capivari não tem medido esforços para garantir uma melhor qualidade de vida aos idosos e deficientes, como por exemplo, a doação de cadeiras de rodas e o auxílio para entrada no mercado de trabalho. Porém, é preciso que todos façam a sua parte”, ressaltou.

O Dia da Luta das Pessoas com Deficiência é comemorado em uma única data, mas as atitudes devem ser constantes. A campanha contou também com o apoio da Secretaria de Mobilidade Urbana. Foram utilizadas oito cadeiras de rodas, sendo três da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e cinco da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

Assessoria de imprensa

Comentários

Notícias relacionadas