Executivos da região discutem política econômica do governo Dilma, amanhã em Campinas

 

Evento será realizado das 9 às 16:30 horas, na sede da IBE-FGV

 

Executivos do grupo CEO Insights, do Institute Business Education conveniado à Fundação Getulio Vargas (IBE-FGV), irão realizar o 10º encontro do grupo. “A política econômica do segundo mandato do governo Dilma: quais os rumos do Brasil na visão de Nelson Barbosa” é o tema. O evento será realizado amanhã, dia 13, das 9h às 16h30, na unidade de Campinas, com palestra do economista e ex-secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Henrique Barbosa Filho, Ph.D. em Economia pela New School for Social Research  e professor adjunto do Instituto de Economia da UFRJ.

 

Criado por altos executivos para o debate de assuntos de interesse comum, o CEO Insights busca trazer para a pauta das reuniões as questões mais atuais e relevantes para os participantes. O 10º encontro revela o sucesso dessa rede de aprendizado mútuo, mostra como este modelo vem sendo bem sucedido, ainda mais quando trata de um tema relevante, com um palestrante renomado.

 

Tão importante quanto estar na 10ª edição, é a oportunidade que esses executivos têm de evoluírem a discussão de forma prática às questões que estão em pauta em suas organizações, aconselhando-se mutuamente para o fortalecimento da economia em seus setores de atuação. Na parte da tarde do encontro, após a explanação de Nelson e um período de networking, os executivos se reunirão em salas para discutirem suas realidades, com base no que foi apresentado pelo palestrante e o que têm vivido no mercado. Este modelo de formação de uma rede de aprendizado é tendência mundial. E a IBE conseguiu reunir neste projeto várias tendências de intersetorialidade para o desenvolvimento e compartilhamento do conhecimento.

 

Para o presidente da IBE-FGV, Heliomar Quaresma, no pensamento contemporâneo, as políticas públicas precisam ser geradas na ideia de sustentabilidade, que se alicerça em um pensamento sistêmico de integração do desenvolvimento econômico com justiça social, preservação e restauração ambiental, com respeito, valorização e ampliação dos bens culturais tangíveis e intangíveis das cidades e comunidades. A inserção e participação de empresas, governo e organizações em alianças e parcerias para o desenvolvimento e crescimento compartilhado, mútuo, é fundamental no atual cenário, defende Quaresma, um dos idealizadores da Intersector Alliance, que tem por pilar o aprendizado em rede.

“Passada as eleições, cabe a nós, cidadãos, continuarmos buscando o fortalecimento da democracia e do diálogo, para que os governos, junto às empresas e organizações sociais, consigam avançar nos desafios a fim de que o Brasil volte a crescer e gere empregos de qualidade, melhor educação, saúde, segurança e mobilidade urbana”, reitera Heliomar.

 

Nelson Barbosa integrou equipes do governo desde 2003. Fez parte dos colaboradores do ministro Guido Mantega desde sua gestão no Ministério do Planejamento. Na Fazenda, ocupou as secretarias de Acompanhamento Econômico (2007/2008) e de Política Econômica (2008/2010), antes de ser levado por Mantega ao posto de secretário executivo, sucedendo Nelson Machado, em 2011.

 

A participação no encontro é gratuita, mas as vagas são limitadas e garantidas somente mediante convite e análise de currículo. Para mais informações ou inscrições, ligue para (19) 3515-8008 ou entre em contato através dos e-mails ceo@ibe.edu.br e info@ibe.edu.br. A IBE-FGV de Campinas fica na Rua José Paulino, nº 1369, no Centro.

 

Sobre a Intersector Alliance: negócios em rede são oportunidades de crescimento

 

A Intersetor Alliance é uma inovação de nível mundial, tão simples e óbvia, pela natureza dos fatos e propostas que reúne sob sua égide, mas tão única por sua capacidade de execução e geração de resultados. Com uma habilidade ímpar de mediar e reunir pessoas, empresas e organizações competentes e bem sucedidas, tornando-as, na prática, muito mais competentes para competir, crescer e multiplicar sustentável e sistemicamente, os méritos deste resultado, em uma Rede de Aprendizado e Co-criação que beneficia toda uma sociedade.

 

FGV é a melhor formadora de CEOs do Brasil

 

A Fundação Getulio Vargas (FGV) é a melhor instituição do Brasil para a formação de CEOs segundo estudo divulgado pela revista britânica Times Higher Education (THE), que apontou, também, a escola de negócios como a 35ª melhor do mundo para a formação de executivos que ocuparão cargos de liderança nas maiores empresas. A metodologia utilizada contou com uma lista das 500 maiores empresas do ano. Após as análises de currículo dos CEOs, foi possível chegar às 100 instituições que mais contribuíram com a formação dos executivos.

 

Para o presidente da IBE-FGV, a maior conveniada da Fundação Getulio Vargas no interior paulista, Heliomar Quaresma, a seleção criteriosa faz com que os CEOs encontrem no programa CEO FGV a experiência e bagagem necessárias para o cumprimento de suas metas. “A formação de líderes é uma marca da instituição. A qualidade do ensino, o relacionamento entre pessoas focadas em objetivos comuns e com experiências a compartilhar faz com que tenhamos profissionais de altíssimo nível, com habilidades que as empresas anseiam em um mundo corporativo tão dinâmico”, diz.

 

Sobre a IBE-FGV

 

A Fundação Getulio Vargas, fundada em 1944, é reconhecida como a melhor escola para preparação de executivos do Brasil. A IBE-FGV começou em 1996 e atualmente forma a maior e mais completa rede de escolas de negócio FGV no interior paulista e uma das maiores do Brasil. A IBE-FGV já formou mais de 30 mil executivos e possui unidades nas cidades de Americana, Campinas, Jundiaí, Limeira, Piracicaba e Rio Claro.

Comentários

Notícias relacionadas