fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

‘Brasil vai transformar petróleo em educação’, afirma Dilma

Durante a solenidade, formandos do programa tiveram carteiras de trabalho assinadas por empresários locais

dilmaaaPara a presidenta, a educação brasileira será cada vez mais o foco de atenção do governo federal. Mais de mil alunos receberam seus diplomas de formatura do Programa nesta quarta-feira em Minas Gerais

A presidenta Dilma Rousseff disse há pouco que o governo concentrará esforços no investimento em educação, a partir dos recursos gerados com a exploração de petróleo. Durante a formatura de alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), nesta quarta-feira (23), em Belo Horizonte, Dilma defendeu que a sociedade ajude a fiscalizar a aplicação de recursos no setor.

“O Brasil vai dar grandes passos no caminho de uma nação desenvolvida. Teremos de fazer grandes investimentos na educação e o melhor é que esse dinheiro existe. É o dinheiro do petróleo que está atribuído em lei. Queremos transformar petróleo em mais conhecimento, petróleo em mais educação e petróleo em mais formação profissional”.

No formatura, Dilma entregou diplomas a 1.211 alunos do Pronatec. Os estudantes pertencem a 17 diferentes cursos do Senai, do Senac de Minas e do Colégio Técnico (Coltec) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que foram ofertados na capital e em cidades da região, como Betim, Confins e Sete Lagoas. Na solenidade, formandos tiveram carteiras de trabalho assinadas por empresários locais.

“O Sistema S oferece os melhores cursos profissionalizantes do País. Somos um grande mercado e precisamos de bons técnicos nas áreas de serviço, comércio e indústria. Esse programa de formação e capacitação técnica é um programa que veio pra ficar e é uma conquista”, destacou. Alunos foram formados em cursos como espanhol, inglês, libras, agente de projetos sociais, estilista, cuidador de idosos,auxiliar administrativo, desenhista mecânico, agente de alimentação escolar, monitor de transporte escolar e recreador.

O programa foi criado pelo governo federal, em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica. Com todos os cursos gratuitos, o Pronatec já alcançou 4,6 milhões de alunos. A meta é matricular oito milhões de alunos até o final de 2014, com investimento de R$ 14 bilhões.

Mercado qualificado

O ministro Aloizio Mercadante destacou a importância de qualificação para o mercado brasileiro, cada vez mais exigente. “O Brasil possui 5,6% de taxa de desemprego e pra ser competitivo tem que colocar a educação como prioridade das prioridades. O mercado está agora mais exigente em relação à formação. Dar oportunidades as pessoas é uma das metas do governo com o Pronatec. Só temos um caminho para levar o País ao desenvolvimento, que é investindo em educação”, destacou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Nova jornada, novo caminho

Para a presidenta Dilma, a educação brasileira será cada vez mais o foco de atenção do governo. “Hoje começa uma jornada nova, um caminho novo que vocês vão construir. Muitos de vocês fizeram o curso e chegam ao primeiro emprego. Outros tinham o emprego e estão se aprimorando. A formação técnica é um grande caminho. Um País como o nosso, para se desenvolver, precisa de qualificação técnica. O Aperfeiçoamento técnico significa salários melhores”, finalizou a presidenta.

Fonte:

Ministério da Educação

Comentários

Deixe uma resposta