B2 Saúde alerta para os problemas de saúde derivados da higiene bucal incorreta

 

 

Segundo especialista costumes adquiridos na infância, além de prejudicar a dentição e o sorriso na idade adulta também favorecem outras doenças como as respiratórias e até câncer

Escovação adequada, creme dental de boa qualidade, uso diário do fio dental, combinado com uso de enxaguantes bucais e uma boa escova, fazem toda a diferença. Com esses cuidados simples e rotineiros é possível manter a saúde bucal adequada, adquirir um belo sorriso, evitar doenças, além de se manter longe da halitose, o conhecido e temido mau hálito.

“A prevenção é a base de tudo. Cuidados simples como a escolha da escova e a forma de escovar os dentes são motivos constantes de muitas dúvidas”, ressalta a odontologista da B2 Saúde, Eleonore Bianca Hogeman. Por isso, a B2 destaca os principais cuidados para adquirir um sorriso bonito e saudável, além de ressaltar a importância dos cuidados durante a infância para que não haja sequelas na vida adulta.

Segundo Eleonore, o Brasil apresenta uma grande falha em relação a esses cuidados que atingem principalmente as classes sociais menos favorecidas, que não possuem acesso às informações adequadas de técnicas de higiene bucal. “A grande maioria das escolas públicas do país não tem um programa para ensinar a escovação correta, em consequência, arrastam doenças orais vida afora. Nas escolas particulares vemos uma melhor atenção, apesar de não ser feita por profissionais da área”, disse a odontologista.

Ainda falando sobre as crianças, alguns vícios desde o nascimento podem fazer com que a pessoa se torne um adulto com diversas sequelas. A chupeta pode causar deformidade óssea no palato, criando problemas ortodônticos, na dicção e deglutição, podendo causar problemas respiratórios e estéticos.

Em casos mais severos, com o problema respiratório podem ocorrer problemas posturais e de desenvolvimento. “A criança que não respira corretamente, se posiciona erradamente, tem tendências a alergias e o seu tórax não se desenvolve.
Também posso citar o hábito de roer unhas, o qual pode afetar a articulação temporo mandibular. Há ainda o hábito do apertamento dos dentes e o ranger dos dentes, que se não forem tratados podem levar até mesmo a destruição de alguns dentes” alerta.

A falta de cuidados e higiene oral podem causar diversos problemas. Os mais conhecidos são a cárie, placa bacteriana, inflamação da gengiva, esmalte frágil, mau hálito e manchas nos dentes.

Para evitar todos esses problemas é importante manter a saúde bucal adequada. Os dentes devem ser escovados após as refeições e antes de dormir. O fio dental é essencial para uma limpeza adequada. Os enxaguantes bucais e os antissépticos podem tornar a limpeza completa. “Com a falta de higiene podem ocorrer afecções como as aftas, infecções secundárias e até mesmo, em casos extremos, câncer oral”, disse a especialista.

Pequenas dicas que produzem grandes diferenças

– Durante a escovação não é necessário fazer força, nem ter pressa;

– Faça movimentos circulares e vibratórios. O movimento de “esfregar” pode danificar o esmalte do dente;

– O ideal é que a escova toque a superfície dos dentes em um ângulo aproximado de 45 graus;

– Substitua a escova a cada três meses;

– Além dos dentes, é necessário também escovar e limpar a língua.

Sinal vermelho!

 

Com o passar do tempo, as escovas ficam velhas e não contribuem para a saúde. Desgastadas, elas não conseguem cumprir o principal dever: fazer a limpeza dos dentes de forma eficiente. Quando a escova fica desgastada, as pessoas tendem a compensar o problema colocando mais força no cabo da escova durante a escovação. Esse é um grave problema e deve ser evitado.

 

Visitar o dentista constantemente também faz toda a diferença e pode evitar graves problemas no futuro. É importante salientar que não as consultas com um especialista devem acontecer cotidianamente, não espere sentir incômodos ou dores para procurar um dentista. Esse acompanhamento deve se tornar preventivo.

 

Sobre a B2 Saúde

 

Há 15 anos no mercado de gestão de saúde. Hoje, tem como diferencial um software inovador, que aliado a uma equipe de médicos completa e a um Call Center eficiente completa a Carelink, uma empresa do grupo especializada em gestão de riscos, que prevê os custos com a saúde do funcionário com antecedência e intervém de maneira ética no trabalho do médico de forma que o paciente tenha o melhor atendimento de maneira rápida, eficaz e econômica.

 

A B2 Saúde, associada à Carelink, utiliza de todos os recursos necessários, como uma Central de Saúde 24 horas por dia, sete dias da semana, composta por uma equipe completa de profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros; acompanhamento de casos e doenças crônicas de funcionários e seus dependentes; avaliação das condições de saúde dos segurados; suporte aos funcionários e dependentes da sua empresa em assuntos relacionados à operadora de saúde; palestras médicas como forma de ação educativa, entre outros serviços.

Comentários

Notícias relacionadas