Americana: Mais quatro cirurgias eletivas são canceladas devido à greve

A continuação da greve do funcionalismo municipal causou o cancelamento de mais quatro cirurgias eletivas, que estavam programadas para serem realizadas nesta sexta-feira (12) no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, informou a Secretaria de Saúde. Na quinta-feira (11), três procedimentos haviam sido cancelados. Já as cirurgias de urgência estão sendo feitas normalmente no Hospital Municipal.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Wagner Tegon, e com superintendente da Fusame (Fundação de Saúde do Município de Americana), Amauri Macedo, as cirurgias eletivas estão sendo canceladas por conta da greve e também por conta da intervenção na saúde. Os contratos para as compras dos materiais estão sendo revistos e os pagamentos estão prejudicados devido aos constantes bloqueios de recursos nas contas da prefeitura. Nesta semana, 31 cirurgias eletivas foram canceladas.

Postos médicos – Dos 23 postos médicos, 16 estiveram em greve no dia 12/12 e sete atenderam parcialmente. Neste quinto dia da paralisação dos servidores, o Núcleo de Especialidades também aderiu integralmente à greve. A Farmácia Central esteve com o atendimento parcial, entregando apenas os medicamentos de Alto Custo. O Hospital Infantil André Luiz, ao contrário das demais unidades de saúde, atende normalmente. Já o Hospital Municipal, apenas os casos de urgência e emergência. A maioria das unidades de saúde que possuem atendimento ambulatorial aderiu à greve. Uma pequena parte atendeu de forma parcial os moradores de Americana.

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Notícias relacionadas