Política RMC 

Água suja ainda é realidade em 45 bairros de Americana; Welington questiona DAE

Após receber reclamações sobre a má qualidade da água, o vereador Welington Rezende (Patriota) protocolou na terça-feira (26) requerimento questionando a coloração da água registrada nas torneiras de residências em ao menos 45 bairros de Americana.

De acordo com os relatos de consumidores, a água distribuída possui coloração, forte odor e está turva.

A má qualidade da água foi observada em bairros como Werner Plaas, Mathiensen, Jardim Boer, Jardim São Paulo, Jardim São Pedro, Jardim Gloria, São Luiz, Nova Americana, Vila Biasi, Zanaga, Vila Paraíso, Jardim Santana, Vila Jones, Jaguari, São Vito, Parque Gramado, Terramérica, Mario Covas, Parque da Liberdade, Parque das Nações, Bertini, Jardim Brasil, São Manoel, Morada do Sol, Santa Sofia, Jardim Girassol, Frezzarin, Praia Azul, Vila Rehder, Vila Margarida, Jardim Nossa Senhora de Fátima, Jardim da Paz, São Jerônimo, Santa Maria, São Roque, Machadinho, Boa Vista, Parque Novo Mundo, Vila Santa Catarina, Vila Galo, Vila Amorim, Conserva, Colina, Jardim Nossa Senhora do Carmo e Centro.

Diante do elevado número de endereços com problemas na distribuição de água, o parlamentar cobra explicações sobre a qualidade da água, os motivos pelos quais resultaram em água turva para diversos bairros, as providências a serem tomadas pelo DAE e o prazo para a resolução dos problemas relatados.

“Antes, a justificativa do DAE para a coloração da água era a reforma dos decantadores, mas esse serviço já foi concretizado e ainda continuam as reclamações em praticamente toda cidade. Esse problema tem de ser resolvido, afinal, as pessoas pagam para ter água de qualidade”, afirma Rezende.

 

O requerimento será votado na sessão desta quinta-feira (28) na Câmara Municipal.

Comentários

Notícias relacionadas