Zoo Americana vai sediar 1ª Jornada de Manejo, Conservação e Medicina Veterinária de Espécie Ameaçadas


Com apoio da prefeitura – O Zoo Americana – Parque Ecológico Municipal “Cid Almeida Franco” será promovida, nos dias 11 e 12 de setembro, a 1ª Jornada de Manejo, Conservação e Medicina Veterinária de Espécie Ameaçadas Mantidas em Cativeiro. O evento é destinado a estudantes e profissionais das áreas de Biologia e Veterinária. As inscrições estão abertas a partir desta quarta-feira (1º de julho) e as vagas são limitadas.

 

O evento terá como palestrantes Luiz Roberto Francisco, biólogo e mestre em Zoologia, e Zalmir Silvino Cubas, graduado em medicina veterinária e mestre em ciências Veterinárias. “O curso é importante para os profissionais da área e estudantes, proporcionando a atualização e capacitação dos mesmos para a formação e reciclagem do tema”, disse o secretário de Meio Ambiente de Americana, Adriano Camargo Neves.

 

Durante o curso serão abordados os temas legislação, objetivos da manutenção em cativeiro, instalações e projetos, manejo reprodutivo e nutricional, conservação e cativeiro, reintrodução, política de fauna e conservação, aspectos sanitários no manejo de animais em cativeiro, aspectos sanitários na recolocação de animais na natureza, enfermidades infecciosas que colocam em risco a vida selvagem e reabilitação de animais acidentados.

 

Os interessados devem se inscrever mediante depósito bancário no valor de R$ 400,00, para profissionais das áreas de Biologia e Veterinária, e R$ 200,00 para estudantes destas áreas, sendo obrigatório o envio de comprovante de matrícula por e-mail. O depósito deve ser efetuado no Banco do Brasil – Agência 5820-3, conta corrente nº 27.069-5, sendo que o comprovante de depósito, com o nome completo do participante, deverá ser enviado para o e-mail luiz.roberto@onda.com.br

O curso será realizado das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no Núcleo de Educação Ambiental, no Parque Ecológico, na avenida Brasil, nº 2525.

Luiz Roberto Francisco: Biólogo, graduado em Biologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1992). Mestre em Zoologia pela UFPR (2012) Construiu sua carreira no manejo de animais silvestres em cativeiro atuando no Departamento de Zoológico de Curitiba tendo atuado também na Fundación Temaikèn, Argentina. Atualmente é diretor da ZOOTEC Projetos e Assessoria Empresarial Ltda. empresa especializada no desenvolvimento de projetos referentes ao manejo de animais silvestres em condições ex situ e in situ. Atua, principalmente, na área de elaboração de projetos de zoológicos, parques temáticos, criadouros e instituições afins. Promove também cursos de capacitação para profissionais que atuam na área de manejo de animais silvestres.

Zalmir Silvino Cubas: Graduado em Medicina Veterinária e Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Paraná, área de Patologia. É médico veterinário na Itaipu Binacional, onde atua nas áreas de manejo, clínica, conservação e pesquisa de animais silvestres. Foi residente na Universidade da Califórnia, Davis, no setor de Animais Selvagens (1988). Trabalhou no Zoológico de Curitiba e no Parque das Aves Foz Tropicana, em Foz do Iguaçu. Foi diretor do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura de Foz do Iguaçu. É organizador da primeira (2007) e segunda (2014) edições do Tratado de Animais Selvagens Medicina Veterinária e do livro Biology, Medicine and Surgery of South American Wild Animals (2001), co-editado com o prof. Murray E. Fowler, pela Iowa State University Press, EUA. Tem várias publicações em livros e revistas científicas. Foi editor adjunto da seção animais selvagens da revista Pesquisa Veterinária Brasileira. Atual professor das disciplinas de Medicina de Animais Selvagens e Doença de Animais Selvagens no Centro Universitário Dinâmica das Cataratas (UDC), Foz do Iguaçu-PR. É acadêmico titular da Academia Paranaense de Medicina Veterinária. Participou de cursos de atualização em cirurgia em tecidos moles, ortopedia, anestesiologia e intensivismo em cães e gatos, e cursos de odontologia veterinária, ultrassonografia e radiologia digital em animais selvagens. 

 

Unidade de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas