Esportes 

Zé Roberto confirma aposentadoria e explica: ‘prioridade é a minha família’

 


Foto: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação

Aos 42 anos, Zé Roberto reafirmou sua aposentadoria nesta semana. O meia do Palmeiras soma em sua carreira títulos do Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Copa América (1997 e 1999), Copa das Confederações (1997 e 2002), La Liga, Super Copa da Espanha e outros. Além disso, o jogador foi titular as Seleção Brasileiro em 2006.

Zé Roberto explicou o motivo de sua carreira chegar ao fim no final desta temporada. “Eu tomei a decisão de parar este ano porque tenho outras prioridades para o ano que vem, e a prioridade é a minha família. Na parte física e técnica, eu poderia jogar mais dois anos em alto nível”, contou.

O paulistano explicou o motivo a longevidade de sua vida no futebol. “Completo 42 anos no próximo mês, e costumo dizer que sou o último dos moicanos (risos). Todos da minha geração já pararam, e eu continuei. Continuei porque sempre cuidei da minha carreira, desde jovem quando entendi que o meu corpo é o meu instrumento de trabalho. Passei a cuidar dele, e percebi que ele me dá essa resposta. A partir do momento que não der essa resposta, eu sou o primeiro a falar que não dá mais. Mas, para isso acontecer, somente daqui dois ou três anos”, declarou.

Após uma carreira vitoriosa, Zé Roberto exaltou a importância pessoal em ter deixado um legado para o futebol e também para os jovens jogadores do Palmeiras. “Deixarei um legado pela história, pelo caráter e pelo profissionalismo. Para mim, são coisas importantes. O dinheiro acaba e a fama é esquecida, mas o legado vai de geração para geração. Eu sou muito feliz por jogar no Palmeiras e ver o crescimento de jogadores como Gabriel Jesus, Nathan, que está no Criciúma, João Pedro, Vitinho… Eles têm um futuro brilhante e em todos os momentos procuram sempre perguntar alguma coisa que possuem dúvida. E a gente vem fazendo esse papel no clube, é muito importante porque na minha época eu me espelhava em alguns jogadores e tirava dúvidas com eles. Serviu muito para mim porque botei em prática o que me falavam, e isso me ajudou na carreira”, concluiu.

O Palmeiras é vice-líder do Brasileirão, com 15 pontos, e enfrentará o Coritiba nesta quarta-feira (15). Às 21h45, no Couto Pereira, o alviverde entrará em campo pela oitava rodada do Brasileirão.

FPF

Comentários

Leia também...