fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Piracicaba

Votação on-line premia artistas e produções culturais piracicabanas

Prêmio Pirarazzi de Cultura foi idealizado pelo artista e radialista Elson de Belém

 

Dezoito artistas e produções culturais de Piracicaba foram eleitos, por votação on-line, para receber o prêmio Pirarazzi de Cultura, oferecido pela coluna cultural Pirarazzi, publicada no jornal A Tribuna Piracicabana sob a assinatura do artista e radialista Elson de Belém. O reconhecimento é para celebrar o primeiro ano da coluna, criada em junho de 2019 com o objeto de divulgar informações sobre a cena cultural da cidade, valorizando os trabalhos locais. Os nomes dos premiados foram revelados no último dia 2 de julho, na estreia do programa Pirarazzi Nas Ondas do Rádio, na web rádio Nova 15, com apresentação de Belém. Devido à pandemia do novo coronavírus Covid-19, a data do evento para entrega dos troféus aos artistas ainda não foi definida.

Segundo o idealizador da premiação, Elson de Belém, é preciso reconhecer os trabalhos desenvolvidos pelos artistas. “Eles, os artistas, nos mais variados segmentos, nos encantam com suas produções. A música, a contação de histórias, a dança, o teatro, entre outras manifestações culturais nos ensinam muito e também nos divertem, principalmente em períodos como o que estamos vivendo, com a pandemia. Reconhecer o que eles fazem por todas as pessoas é necessário”, comenta.

A votação para eleger os premiados ocorreu em aplicativo de enquetes no Facebook em janeiro e fevereiro desse ano. Foram indicados, para as 15 categorias, cerca de 150 nomes. Os eleitos para receber o prêmio foram Marcos Godoy e Barbosa Neto (apresentador – 46,2 % dos votos / 915 votantes), Felipe Nunes (ator – 43,6% dos votos / 442 votantes), Rafaela Arthuso (atriz – 56,4% dos votos / 806 votantes), Douglas Neves (cantor – 94,9% dos votos / 538 votantes), Aninha Barros e Pa Moreno (cantora – 30,8% dos votos / 734 votantes), Evair Sousa (contador de histórias – 51,3% dos votos / 865 votantes), Fernanda Ferreira e Marcio Felicio (coreógrafo – 56,4% dos votos / 1201 votantes), Larissa Mori (DJ – 74,4 dos votos / 98 votantes), Leo Bueno & Julio Cesar (dupla sertaneja – 56,4% dos votos/ 255 votantes), Mamma Mia – Allegro Vocale (espetáculo – 35,9% dos votos / 188 votantes), Tiago Rochetto (fotógrafo – 92,3% dos votos / 275 votantes), Casa do Hip Hop (instituição cultural – 39,5 dos votos / 38 votantes), Mundo Multicor – Aninha Barros (música – 59,9 dos votos / 222 votantes), Arte no Largo (projetos Culturais – 87,2% dos votos / 323 votantes) e Elis Justi (radialista – 46,2 dos votos / 242 votantes).

“Esse prêmio corresponde aos destaques de 2019, porque a intenção é premiar todos os anos a partir de agora. É fundamental estimular gestores, produtores, empresários e toda a classe artística a produzir arte. Não podemos parar”, afirma Belém, acrescentando que a primeira edição do Prêmio presta homenagem à escritora e contadora de histórias Carmelina Toledo Piza, que é referência em Piracicaba.

São parceiros da premiação a TV Ativa de Piracicaba, Nova 15 Rádio e TV, A Tribuna Piracicabana, Engenho da Noticia – Comunicação Integrada, Eco Promoções, Teatro São José/Clube Coronel Barbosa, CDL – Câmara Dirigentes Lojistas de Piracicaba, Bella Tosa, Lane – Casa de luz e Dona Patty – Tapetes Artesanais.

Comentários