Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Você tem o metabolismo lento? Saiba como reverter

Entenda os efeitos do metabolismo lento no organismo e aprenda formas de minimizar esse problema.

 

O metabolismo é um processo complexo, mas que pode ser definido, basicamente, como a capacidade do nosso corpo de gerar energia a partir dos alimentos que comemos. Ou seja: tudo o que ingerimos, incluindo as vitaminas e minerais para a saúde, afetam o metabolismo.

 

Geralmente, quando as pessoas comentam sobre seu metabolismo, elas estão se referindo, na verdade, à sua taxa metabólica, que diz respeito ao número de calorias que o corpo queima em um determinado espaço de tempo. Essa taxa metabólica, no entanto, pode ser classificada como rápida ou lenta.

 

Uma taxa metabólica rápida indica que o corpo processa energia de forma eficaz. Já uma taxa metabólica lenta aponta para o fato de que há algo impedindo o metabolismo de funcionar da melhor maneira possível e, por esse motivo, as pessoas nessa condição possuem uma tendência maior a engordar.

O que causa o metabolismo lento?

Segundo especialistas, o metabolismo pode variar de acordo com o estilo de vida que a pessoa leva, sobretudo em relação aos hábitos alimentares. Pode-se dizer, ainda, que o metabolismo sofre influência de uma série de fatores, tais como a genética, peso, idade, sexo e também de problemas de saúde pré-existentes, como as alterações hormonais, por exemplo.

 

No entanto, para uma pessoa saudável que não possui nenhuma complicação de saúde, o metabolismo lento costuma ser resultado de maus hábitos alimentares e físicos (sedentarismo). Uma dieta desbalanceada, por exemplo, proporciona um metabolismo lento. Isso porque, na maioria das vezes, ela é baseada em alimentos que não exigem grandes esforços do organismo durante o processo de digestão.

Como identificar o metabolismo lento?

Como dito anteriormente, o metabolismo lento é aquele que demora mais tempo do que deveria para transformar os alimentos ingeridos em energia, ação que resulta em acúmulo de gorduras e, consequentemente, no aumento de peso. No entanto, para saber se o seu corpo está agindo dessa forma, é preciso notar os seguintes sinais:

 

  • Facilidade em ganhar peso;
  • Aumento de peso mesmo sem exagerar na alimentação;
  • Dificuldade excessiva para perder peso;
  • Celulite em novas partes do corpo;
  • Acúmulo de gordura em áreas que não costumava ter;
  • Calcanhares rachados;
  • Queda de cabelo;
  • Vontade de comer doce em horários inoportunos, especialmente no período da tarde.

 

 

Além disso, devido à pouca energia fornecida ao organismo, pessoas com o metabolismo lento também podem ter a digestão comprometida, o que pode causar outros sintomas, como:

 

  • Má digestão;
  • Azia;
  • Inchaço;
  • Protuberância abdominal.

Como reverter o problema?

Exceto em casos específicos, em que o metabolismo é comprometido devido a  alguma doença pré-existente, há maneiras simples de reverter esse problema, que incluem, principalmente, a reeducação alimentar. Sendo assim, confira a seguir algumas dicas de como reverter esse problema, restabelecendo o ritmo do seu metabolismo de forma a facilitar também a perda de peso:

Alimente-se regularmente

Muitas pessoas acreditam que ficar muito tempo sem comer pode ajudar a balancear as calorias consumidas, de forma a compensar um possível deslize na dieta, porém isso está longe de ser eficaz. Isso porque o nosso organismo entende esse ato como uma privação e não como um estímulo, podendo reduzir ainda mais o gasto basal para preservar o seu funcionamento. Portanto, uma boa dica é se alimentar regularmente e nunca ficar longos períodos sem comer.

 

Elabore um cardápio equilibrado

É extremamente importante ter uma alimentação balanceada, com carboidratos, gorduras e proteínas na medida certa, uma vez que essa combinação torna os ganhos calóricos menos impactantes na dieta.

Exercício e repouso adequados

Praticar exercícios físicos diariamente é fundamental para quem deseja aumentar a taxa metabólica. Além disso, os músculos são considerados grandes queimadores de energia, até mesmo em repouso. Sendo assim, praticar atividades físicas, como a musculação, por exemplo, ajuda a manter o metabolismo acelerado até mesmo 4 horas após o término.

 

Portanto, exercícios físicos aliados ao descanso para a recuperação muscular estão, sem dúvidas, entre as maneiras mais eficazes de reverter problemas relacionados ao metabolismo.