Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Você é mesma pessoa alcoolizada e totalmente responsável pelos seus atos, não tem desculpas

A bebida alcoólica além de prejudicar de diversas formas, causando danos mentais e físicos, também serve como válvula de escape para a desculpa do dia seguinte, uma justificativa razoável para colocar a culpa no tal “outro eu” que aprontou quando alcoolizado. Segundo a psicóloga e grafóloga Célia Siqueira, o comportamento da pessoa é dilatado com o consumo do álcool, ou seja, ela não fará nada que não esteja em seu subconsciente.

Existe uma mudança significativa, que se manifesta de formas diferentes em cada um, o consumo exagerado ou não, é uma forma de aceitação social, de fato pode induzir um estado inicial de desinibição, loquacidade, euforia, falsa segurança em si próprio e por vezes, impulsos sexuais ou agressivos. Atualmente podemos analisar alguns casos em um reality show, exibido em televisão aberta, em que um dos participantes foi acusado de assédio e outro (influenciador) ainda investigado. Ambos estavam embriagados no dia da “tal” brincadeira, entre outras meninas que tiveram atitudes inapropriadas, mas disseram não lembrar.

Sempre existiu uma motivação para o uso de bebida, a mais comum entre os jovens é a timidez. Atualmente o consumo de bebidas alcoólicas se tornou normal, são vendidas com embalagens atrativas e de várias formas, para influenciar o seu consumo. Um dado alarmante é que adolescentes têm seu primeiro contato com a bebida entre 12 e 13 anos, em ambiente familiar o que demostra falta de compreensão da gravidade do problema e também descuido da justiça”, diz Célia.

Muitos jovens bebem e colocam suas vidas e de outras pessoas em risco, ficam incapazes de reagir às situações inesperadas, comprometendo o reflexo e coordenação motora pela quantidade da ingestão de álcool, aumentando as chances de envolvimentos em acidentes. Números da Organização Mundial da Saúde (OMS) demonstram que o consumo de bebidas alcoólicas pelos brasileiros acima de 15 anos acelerou em uma década, aumentou uma média de 43,5%. O Brasil é o terceiro país na América Latina e o quinto em todo o continente com o maior consumo per capita.

Célia Siqueira ministra palestras em todo Brasil e realiza diversos cursos em seu Instituto, para saber mais, acesse o Facebook: Instituto Célia Siqueira.

Comentários