Villarreal identifica e bane para sempre torcedor que jogou banana em Daniel Alves

AFP/AFP – Daniel Alves em ação contra o Villareal, em 27 de abril

Em comunicado oficial, clube lamentou a atitude do torcedor e garantiu que ele nunca mais terá acesso ao estádio El Madrigal

O Villarreal emitiu um comunicado nesta segunda-feira em que afirma ter identificado o torcedor que jogou uma banana em direção ao lateral direito brasileiro Daniel Alves, e que o acusado já foi punido com a proibição de entrar novamente no estádio El Madrigal.

“O Villarreal quer comunicar que lamenta e rechaça profundamente o incidente ocorrido ontem (domingo) na partida contra o Barcelona na qual um torcedor atirou um objeto sobre o campo de jogo do El Madrigal. Obrigado à equipe de segurança e à estimável colaboração exemplar da torcida amarela. O clube já localizou o autor e decidiu retirar o carnê e proibir o acesso ao estádio El Madrigal por toda a vida”, divulgou o clube em sua nota oficial.

O responsável pelo ato racista não teve o nome revelado, mas segundo o Villarreal se trata de um sócio do clube. No comunicado, houve nova condenação ao que aconteceu no estádio El Madrigal, durante a vitória do Barcelona por 3 a 2 sobre os donos da casa.

Ontem, aos 31 minutos do segundo tempo, quando se posicionou para cobrar escanteio, Daniel Alves avistou uma banana no gramado, e resolveu responder comendo a fruta, o que gerou grande repercussão nas redes sociais. Desde então, o jogador recebeu inúmeras manifestações de apoio, inclusive da presidente Dilma Rousseff.

 

Esp. Interativo

Comentários

Notícias relacionadas