Vereadores realizam visita técnica ao Parque da Gruta Dainese em Americana

Os vereadores da Comissão Especial de Estudos objetivando a preservação da Gruta Dainese da Câmara Municipal de Americana realizaram nesta sexta-feira (1) uma visita técnica ao Parque Municipal da Gruta. Participaram os vereadores Gualter Amado (PRB) – presidente, Marco Antonio Alves Jorge – Kim (PMDB), Professor Padre Sérgio (PT), e Wellington Rezende (PRP) – membros.

 

O objetivo da visita foi registrar a situação em que se encontra o parque através de fotos e vídeos, que serão analisados pela comissão para que seja definido o cronograma de ações visando à recuperação do local.

 

O presidente da comissão lamentou pela degradação do parque. “Podemos ver um local maravilhoso dentro do nosso município, somos privilegiados por termos uma área natural com sete cachoeiras e lagos. É muito triste ver a degradação da natureza por conta do esgoto que vem sendo despejado na gruta. Não mediremos forças para que essa comissão faça a diferença, para que esse quadro seja mudado de uma vez por todas”, analisou Gualter.

 

O vereador Professor Padre Sergio (PT) classificou a visita foi oportuna e proveitosa. “Pudemos retratar as belezas naturais ali existentes e que hoje estão ocultas, devido à falta de consciência e planejamento ambiental da administração pública, e assim fizemos um verdadeiro registro e reflexão sobre a salutar importância da preservação dessa singular área de preservação permanente de Americana”, disse.

 

“Percorremos a principal reserva de mata urbana de Americana, que possui 491 mil metros quadrados, repleta de nascentes, quedas d’água, trilhas e muita vegetação, mas que ainda sofre com o despejo irregular de esgoto. Trabalhamos para que a gruta seja despoluída e se torne o maior parque ambiental da cidade, esse é o principal objetivo”, afirmou o vereador Welington Rezende.

 

Para o vereador Kim, a visita foi importante para poder verificar o que tem causado a poluição da área. “Verificamos que, além do esgoto, objeto provavelmente de ligações clandestinas ou alguma falha no sistema, também existe muita quantidade de plástico, sacolas, garrafa pet e outros materiais que foram levados pela água da chuva. Precisamos de obras para filtrar ou barrar esses sólidos que a chuva arrasta e de projetos de educação ambiental, para que a população pare de jogar lixo de maneira irregular. Outro fator importante é ver como a Estação de Tratamento de Esgoto da Balsa, que deverá tratar o esgoto dessa região, irá impactar positivamente no saneamento e na limpeza da Gruta Dainese”, finalizou.

 

A comissão irá se reunir nos próximos dias para avaliação do material e definição dos próximos trabalhos.

 

Comentários

Notícias relacionadas