Política 

Vereadores fiscalizam transporte público de Americana

Os vereadores da Comissão Especial de Estudos e Acompanhamento do Transporte Coletivo de Americana realizaram na madrugada desta terça-feira (3) uma ação de fiscalização na Empresa Viação Princesa Tecelã (VTP). Participaram os vereadores Thiago Martins (PV) – presidente, Léo da Padaria (PC do B), Marschelo Meche (PSDB) e Vagner Malheiros (PDT) – membros, além da representante da empresa, Joelma Silva, e membros do sindicato da categoria.

 

De acordo com presidente da comissão, os parlamentares verificaram o emplacamento de vários ônibus e apontaram que alguns se encontram com tarjetas de cidade diversa à da documentação, o que gera penalização por divergência de município. “Ao questionar a gerente da empresa sobre o assunto foi confirmado o problema”, apontou Martins.

 

“Irregularidades como essa podem acarretar na apreensão do carro, o que ocasionaria transtorno para todos os usuários. São pessoas que precisam chegar ao trabalho e já convivem diariamente com atrasos. Não é admissível correr mais esse risco”, acrescentou.

 

Durante a visita, a empresa foi questionada sobre reclamações da população devido à retirada de cobradores de linhas. Segundo a representante da Viação, o fato ocorreu apenas em dois casos isolados recentemente e em situações em que a soma total de passageiros diários que utilizam dinheiro como forma de pagamento não ultrapassava 30%. Ainda de acordo com Joelma, a empresa possui amparo legal para a ausência de profissionais nestes casos “A meta é instituir o cartão em 100% dos itinerários como forma de redução de custos, maior segurança e rapidez no embarque”, informou.

 

Os vereadores tiraram dúvidas também quanto a gratuidades e alteração nos horários do transporte coletivo, além de constatarem que onze veículos se encontram sem identificações ou adesivos obrigatórios. “Mesmo com chuva, a madrugada foi produtiva. Apontamos erros graves como a documentação não regularizada e a redução de cobradores sem devida estrutura necessária para emissão dos cartões. Fiscalizaremos de perto para que o transporte em nossa cidade melhore”, finalizou Martins.

Comentários

Leia também...