Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Vereadores e prefeito participam de reunião para implantação do PAT


Os vereadores Alex Braga, o Alex Backer, Celso Ávila, Felipe Sanches e Valmir Alcântara de Oliveira, o Careca do Esporte, juntamente com o prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Miguel Brito, participaram, nesta terça-feira (5), de reunião na Sert (Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho) para discutir a implantação do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) no município.

O grupo foi recebido pelo secretário estadual José Luiz Ribeiro e pelo assessor de Coordenação de Projetos, Helder Liberato Bovo. Durante o encontro, na sede da secretaria estadual, o prefeito e os vereadores barbarenses expuseram a necessidade de instalação do posto na cidade como forma de atender a demanda de trabalhadores que são obrigados a se deslocarem até Americana para darem entrada no Seguro Desemprego.

O prefeito classificou como constrangedora a situação dos barbarenses quando buscam pelo direito e são obrigados a ir ao município vizinho. Andia lembrou que há meses iniciou as conversas com o Estado a fim de garantir a instalação do PAT na cidade, sempre com o apoio dos vereadores.

Após ouvir o grupo, o secretário estadual concordou com os argumentos e classificou como legítima a solicitação dos representantes do município. Ribeiro é presidente do Sindicato dos Metalúrgicos e ex-vereador de Piracicaba e disse conhecer a realidade da região, bem como o potencial de desenvolvimento de Santa Bárbara.

Já o assessor de Coordenação de Projetos da secretaria estadual, explicou que a implantação do PAT depende da aprovação do convênio a ser firmado entre Estado e município, o que segundo ele pode levar 30 dias. Bovo explicou que a partir da aprovação da minuta, a Sert verifica o local disponibilizado pela prefeitura para implantação do posto e a partir daí providencia o canal de comunicação para que as atividades tenham início.

“A secretaria avalia o imóvel e imediatamente abre o link (comunicação) para o posto”, explicou. De acordo com ele, o Estado possui 350 PATs e a expansão de novos postos em outros municípios paulistas está na pauta do governo estadual. Após a assinatura do convênio, o município fica responsável pelo imóvel, instalações e funcionários enquanto o Estado garante o treinamento do pessoal.

Ao final da reunião, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Miguel Brito, protocolou três ofícios na Sert; um será enviado ao Ministério do Trabalho solicitando a implantação do PAT, e os outros dois assinados pelo prefeito e pelo presidente da Comissão Municipal de Emprego (Miguel Brito) endereçados à secretaria estadual reforçando o pedido da implantação do posto no município. Também participaram da reunião, na Capital, o ex-coordenador do PAT em Americana, Ed Carlos Michelin e o advogado Antônio Dias.

Comentários

Dennis Moraes