RMC 

Vereadores de Americana questionam limitação da gratuidade de transporte público a aprendizes do Soma

Os vereadores Gualter Amado (PRB) e Vagner Malheiros (PDT) protocolaram na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pedem informações do Poder Executivo sobre a limitação imposta pela empresa Sancetur à gratuidade concedida aos aprendizes do Soma (Serviço de Orientação ao Menor de Americana) no serviço de transporte público municipal.

 

No documento, os parlamentares afirmam terem sidos procurados no gabinete por pais e adolescentes do Soma que estão sendo prejudicados desde que a empresa assumiu a prestação do serviço através de contratação emergencial. “Eles nos relataram que anteriormente utilizavam o transporte sem limite diário de passagens para as atividades programadas, conforme disposto na lei nº 6.044/2017. Porém, agora estão sendo prejudicados com a limitação imposta pela empresa em quatro passagens diárias, contrariando a lei municipal vigente”, apontam.

 

Os vereadores ressaltam que os adolescentes, integrados ao mercado de trabalho ou ainda em iniciação, recebem café da manhã e almoço na entidade, além de realizarem cursos profissionalizantes, atendimentos psicológicos, assistenciais, assinatura de comprovantes de rendimentos, folhas de presença e diversas atividades nas dependêncais do Soma, sendo necessária a utilização de mais de quatro passagens diárias.

 

“Outro ponto relatado foi que os adolescentes moradores dos bairros distantes, utilizam mais de uma passagem para chegar até o local de trabalho, uma vez que não temos um sistema integrado de transporte público”, expõem os parlamentares.

 

No requerimento os vereadores perguntam se o Executivo tem conhecimento desses fatos e quais medidas serão tomadas para que os adolescentes não sejam prejudicados.

 

O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante a sessão ordinária da próxima quinta-feira (20).

 

Comentários

Leia também...