Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Vantagens do endomarketing na gestão da sua empresa

Todo empresário sabe da importância de manter as equipes e cada um dos colaboradores engajados, seja qual for o modelo de negócios da empresa. O que nem todos entenderam ainda é como o endomarketing pode ajudar nesse processo de maturação.

De fato, nós vivemos a época das culturas corporativas, das filosofias de marca e dos “ativos intangíveis”. Tudo isso aponta para a valorização do material humano, da criatividade e do papel insubstituível que cada um pode desempenhar.

Quando falamos em grandes corporações, como uma fábrica internacional de bloquete de concreto, é realmente fundamental que haja um controle centralizado que seja capaz de manter os pilares da Missão, da Visão e dos Valores do negócio.

É justamente nesse cenário que surge o endomarketing, também conhecido como marketing interno. O que ele faz é unir os esforços do marketing com os Recursos Humanos, criando um conjunto de princípios e processos para os funcionários.

A lógica é bem simples: se a marca não consegue fazer seu próprio time interno comprar sua solução, seja ela um produto ou um serviço, como pode ser que ela tenha a ousadia de querer dominar o mercado como um todo?

Um exemplo prático seria um pet shop que vende dispenser de ração. Certamente, se o funcionário que está satisfeito com a loja precisar de um produto desses para seu próprio animal, ele vai comprar no seu trabalho.

Ou ainda, ele indicará para seus conhecidos. O que muita gente ignora é que nem sempre é assim, pois muitas pessoas vivem insatisfeitas com seu trabalho. Quem comprova isso é uma pesquisa recente do Instituto Locomotiva, que é uma referência na área.

O levantamento identificou que mais de 64% dos trabalhadores formais estão insatisfeitos com seu emprego, sendo que 12% vai além disso. Por incrível que parece, esse percentual menor representa os colaboradores que querem o mal da própria empresa.

Por isso decidimos escrever este artigo, mostrando como o endomarketing pode resolver esse tipo de problema. Especialmente quando implementado desde a fundação da empresa, já que se trata de medidas de médio e longo prazo.

O mais bacana é que elas cresceram tanto nos últimos anos que já podem ser aplicadas a qualquer segmento ou nicho de mercado, desde uma loja que vende artigos ortopédicos como faixa lombar até uma indústria química multinacional.

Então, se você quer entender como isso é possível e começar a fazer a diferença no seu time ou na sua empresa como um todo, basta seguir adiante na leitura.

Endomarketing: do que se trata?

Como vimos, trata-se de uma estratégia conhecida como marketing interno, que visa a trabalhar não o público-alvo da marca, mas sim os seus próprios colaboradores.

Porém, é possível e desejável ir além nessas definições. O que precisa ficar claro é que, nos últimos anos, as grandes empresas têm se perguntado cada vez mais o que faz um negócio atingir a excelência e a sustentabilidade.

O que se percebeu é que não basta ter um produto ou serviço bom, pois é preciso que a cultura interna da empresa seja forte. Daí a constatar que o engajamento e a satisfação dos colaboradores são fundamentais é apenas um passo.

Se a empresa trabalha com algo como emissão de laudo SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas), ou em setores médicos que lidam diretamente com a vida das pessoas, fica mais fácil identificar a importância do fator humano.

Porém, seria um erro considerar que os demais segmentos e nichos de mercado não precisam de um ambiente de trabalho satisfatório e harmonioso.

Na verdade, a corporação precisa de uma cultura e um endomarketing que sejam capazes de alinhar desde a recepção até a diretoria, pois tudo faz parte do mesmo “organismo”, no qual cada um é importante.

Para deixar ainda mais claro por que o endomarketing se torna tão importante no cenário atual, vamos às vantagens e benefícios que ele pode trazer.

Concretizando a filosofia

Um dos maiores desafios que as empresas encontram é o de tirar a filosofia da marca do papel e transformá-la em algo prático, concreto e que faça a diferença no dia a dia.

Realmente, qualquer um pode desenhar objetivos muitos nobres e criar 10 ou 12 princípios de conduta, porém nada garante que isso vai ser levado em conta na correria do dia a dia.

É aí que entra o endomarketing, como o grande motivador capaz de fazer com que a teoria se torne prática, da maneira mais positiva possível.

O que também permite à marca repensar seus próprios princípios, já que as ações rotineiras vão ajudar a alinhar as expectativas com a realidade.

Melhora do clima organizacional

Um dos aspectos mais importantes da rotina de trabalho de qualquer corporação é o clima organizacional que se tem, o qual não depende apenas dos funcionários.

De fato, se imaginarmos qualquer grupo de pessoas sem liderança e sem hierarquia, perceberemos que a anarquia vai acabar mitigando os talentos e comprometendo a missão, em vez de melhorar a situação de todos.

Se o negócio é uma fábrica de forma de fazer bloco de cimento, há vários setores que precisam estar em dia com a motivação e o alinhamento. Isso segue a lógica que mencionamos acima, sobre toda empresa ser um “organismo”.

A vantagem do endomarketing é o alto poder que ele tem de trazer melhorias para o clima organizacional, por ser capaz de lidar com as convicções de todos ao mesmo tempo, desde os funcionários até os gestores e líderes em geral.

Satisfação e produtividade

Não precisa ser especialista em Recursos Humanos ou mesmo em psicologia para saber que o ser humano produz melhor quando está mais satisfeito.

O que a gente esquece de levar em conta muitas vezes são os impactos disso na qualidade de uma solução corporativa, seja um produto ou um serviço.

Imaginemos a manufatura envolvida na confecção de uma seladora de pedal. Por mais que haja maquinários que podem facilitar e muito a produção, inclusive automatizando e diminuindo os erros humanos, não depende só das máquinas.

Além do mais, se vivemos a época dos ativos intangíveis, isso quer dizer que cada colaborador precisa estar apto a dar o seu máximo, o que vai muito além das operações mais imediatas e mecânicas.

Estratégias inovadoras, criatividade para trazer diferenciais e reuniões proveitosas dependem dessa satisfação, portanto a produtividade aumenta como um todo quando o endomarketing é aplicado de modo correto.

Ou seja, no fim das contas a produtividade diz respeito não apenas à quantidade, mas também à qualidade dos produtos e serviços que estão em jogo.

Retenção dos melhores talentos

Por fim, se tem um desafio que as empresas encontram hoje em dia é o do recrutamento, que acaba se traduzindo em lacunas na folha de pagamento, ou em um turnover alto demais.

O problema é que, quando um negócio cai na espiral do rodízio acentuado, vai ficando cada vez mais difícil reverter a situação. Isso porque os funcionários vão se desmotivando entre si e espalhando uma cultura negativa, que contamina os novatos.

Por outro lado, se uma empresa ou uma fábrica de carrinho de carga dobrável for capaz de fortalecer sua cultura por meio do endomarketing, ela vai perceber que isso atrairá cada vez mais os melhores talentos, fidelizando-os.

De fato, o endomarketing tem esse poder de melhorar o nome da empresa no mercado, criando um círculo virtuoso que evita a evasão de talentos e ainda atrai os melhores, formando um público interno fortalecido.

Lembrando que algumas empresas ainda enfrentam o problema da sabotagem interna, ou mesmo de funcionários que abandonam o emprego e levam consigo, para a concorrência, os diferenciais que a empresa tinha em termos de processo e operação.

Como aplicar em sua empresa?

Uma dúvida muito comum é sobre como conseguir implementar toda essa cultura organizacional voltado para os valores do endomarketing.

Claro que pode haver diferenças operacionais entre uma fábrica multinacional e um escritório de marketing, ou mesmo entre um funcionário que lida com mão de obra pesada e outro que faz trabalho de escritório, levantando o preço de laje treliça.

De qualquer modo, há vários métodos universais que ajudam a fazer essa implementação vertical, que vai das altas esferas de decisão até a operação, sendo os principais:

  • Uma filosofia bem demarcada;
  • Planos de carreira sólidos e sinceros;
  • Eventos familiares para funcionários;
  • Ações de integração vindas da liderança;
  • Comunicação interna e reuniões;
  • Encontros entre equipes distintas.

Enfim, todo esforço de comunicação, previsibilidade e sinceridade é pouco quando o assunto é endomarketing, então vale a pena buscar cada um desses métodos com um afinco crescente.

Considerações finais

Finalmente, podemos dizer que as vantagens do endomarketing são mais que suficientes para garantir que as marcas queiram buscar essa solução.

O mais interessante é que todos ganham com esses benefícios, desde os sócios e os donos, passando pela liderança e pelos funcionários, até os clientes, que terão serviços e produtos melhores ao seu dispor.

Com as dicas e esclarecimentos que demos aqui, vai ficar ainda mais fácil levar todos esses pontos em conta na hora de considerar o endomarketing para sua própria corporação.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.