RMC 

Unidade móvel do Procon-SP estará em Nova Odessa nesta quinta-feira

A unidade móvel da Fundação Procon-SP estará em Nova Odessa nesta quinta-feira (21). A estrutura volante será montada no condomínio Ipê Amarelo, no Residencial das Árvores, e realizará atendimentos das 10h às 15h. A ação ocorre em parceria com o órgão de proteção e defesa do consumidor local e atende a pedido do vereador Avelino Xavier, o “Poneis”.

 

De acordo com o diretor do Procon de Nova Odessa, o advogado José Pereira, o plantão será dedicado ao atendimento de moradores dos condomínios Ipê Amarelo, Ipê Roxo e Ipê Branco, além de outros bairros da região. “Nos três condomínios do Residencial das Árvores, há 720 apartamentos e as famílias reclamam muito de serviços como energia, internet e tevê por assinatura. Com a unidade lá, vai ficar mais fácil para ouvi-los e registrar as reclamações para eventuais providências”, explicou José Pereira.

O advogado reforça que os interessados em fazer reclamações devem se dirigir à unidade volante com carteira de identidade, CPF e documentos que comprovem a relação de consumo com o fornecedor a ser denunciado, como uma fatura ou nota fiscal. “Tudo que o consumidor tiver sobre o serviço ou produto alvo de questionamento vai ser importante no processo de negociação com a empresa reclamada”, esclareceu o diretor do Procon.

O diretor do Procon novaodessense lembra que quem não conseguir ir à unidade móvel pode procurar a sede do órgão, que funciona no prédio do Fórum, na Avenida João Pessoa, número 1.300. O telefone para orientações e denúncias é 3476-3261. O atendimento pode ser feito por telefone, das 8h às 11h; e pessoal, das 11h às 16h. O número do “WhatsApp Denúncia” é 19 99978-9631. Por meio do aplicativo, o consumidor pode denunciar irregularidades, enviando mensagens de texto, áudio e vídeos.

Para mais informações sobre o serviço, acesse o site http://www.procon.sp.gov.br e acompanhe as ações o Procon no Facebook, Instagram (@proconnovaodessa), Twitter (@proconovaodessa) e no YouTube (TV Procon Nova Odessa).

Comentários

Notícias relacionadas