Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Uma luta de 20 anos próxima de dar frutos: Trem INTERCIDADES começa a sair do papel

Imagem Ilustrativa - Trem regional Coradia (Alstom)

Por Dirceu Dalben, deputado estadual

      Com muito interesse, acompanhei a primeira audiência pública, realizada na última segunda-feira, dia 16 de agosto, sobre o projeto do Trem Intercidades. Em sua primeira etapa, o Trem Intercidades ligará a capital paulista a Campinas, com parada em Jundiaí. O edital será lançado em dezembro e o leilão de concessão está previsto para abril de 2022.

Tenho especial atenção com esse projeto, porque a reativação do transporte ferroviário, principalmente entre São Paulo e a Região Metropolitana de Campinas, é uma bandeira que venho defendendo desde o início da minha trajetória política, em dois mandatos como prefeito de Sumaré, entre 1997 e 2004, três mandatos como vereador e, agora, como deputado estadual.

Em 2001, tive a oportunidade de manter um longo diálogo a respeito com o prefeito de Campinas, Antônio da Costa Santos, e senti o seu entusiasmo com a ideia de retomada do transporte coletivo ferroviário entre a capital e nossa região. Infelizmente, não pudemos levar juntos essa luta, devido à sua partida precoce. Mas mantive o meu foco nessa tese, que defendi em várias oportunidades quando presidente do Conselho de Desenvolvimento da RMC.

Naquela época eu já entendia que a malha ferroviária existente entre São Paulo e a RMC, e que em passado não muito remoto foi responsável pelo transporte diário de milhares de pessoas, pela atuação da Companhia Paulista e Companhia Mogiana, entre outras, é uma das justificativas para a retomada desse modal eficiente, barato e ecológico, e que também é muito utilizado nos países desenvolvidos.

É lamentável que o sistema ferroviário de passageiros no Brasil tenha sido abandonado e que o país tenha uma densidade tão baixa nesse setor, em comparação com outros lugares do mundo. No atual momento, em que os gargalos no trânsito nas grandes cidades brasileiras representam enormes perdas de tempo e de dinheiro, com transtornos cotidianos para os seus moradores, é fundamental que seja retomado com vigor o transporte coletivo pelos trilhos, assim como já vem sendo dinamizado o transporte de cargas pelas ferrovias.

O Brasil como um todo e o estado de São Paulo, especificamente, precisam viabilizar iniciativas eficientes e sustentáveis pela retomada da economia e geração de muitos empregos no momento pós-pandemia. Tenho convicção de que o investimento substancial, planejado e prioritário no transporte ferroviário é um desses caminhos que o país e nosso estado precisam adotar em curto prazo.

Por estes motivos, meu mandato como deputado estadual está totalmente empenhado na concretização do Trem Intercidades, pelos múltiplos benefícios que ele trará para a nossa população. Economia de tempo, de dinheiro, maior segurança nas viagens e contribuição para o meio ambiente são alguns dos impactos positivos do projeto.

 

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal SB24Horas