Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Tratamento inovador para leucemia mieloide aguda representa nova possibilidade para pacientes

Campanha Junho Laranja visa conscientizar e alertar população sobre anemia e leucemia Divulgação

Mylotarg, da Pfizer, bloqueia o crescimento das células cancerosas 

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou Mylotarg, tratamento para pacientes adultos com leucemia mieloide aguda (LMA) em fase inicial, cujos tumores expressam o antígeno CD33 (LMA positivo para CD33). O medicamento é um anticorpo que se conecta a um agente antitumoral tóxico para as células cancerosas e atua bloqueando o crescimento das células leucêmicas e as destruindo. Nos estudos clínicos, Mylotarg se mostrou capaz de proporcionar melhora na qualidade de vida dos pacientes e aumento da sobrevida livre de eventos da doença.

“A aprovação de Mylotarg no Brasil representa um grande avanço no tratamento da leucemia mieloide aguda. Associado ao diagnóstico precoce e à quimioterapia, quando necessário, o medicamento traz esperança e qualidade de vida para os pacientes que enfrentam essa doença”, explica a diretora médica da Pfizer Brasil, Márjori Dulcine.

A leucemia mieloide aguda (LMA) é um câncer que se forma na medula óssea e resulta em um aumento do número de glóbulos brancos na corrente sanguínea, podendo se espalhar para outras partes do corpo, como os gânglios linfáticos, fígado, baço, sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal) e testículos.