Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

“Toró de Histórias” traz contação pra Estação


Cia Xekmat encena peça para participantes dos projetos da Promoção Social

Tia Branca era uma contadora de história de mão cheia, albina e morava às margens do rio São Francisco, logo ali, na cidade imaginária de Bororó. Nascida e criada numa família de pescadores, tia Branca, nunca podia ficar debaixo de sol, por isso pescava histórias, nos livros doados por sua professora. A pele sem pigmento, a impedia de se aventurar com as crianças nas brincadeiras ao ar livre. Com o passar do tempo, ela foi aprendendo a lição e as pessoas, com pena, passaram a lhe presentear com guarda-chuvas, com certeza para serem usados como guarda-sóis. O tempo passou e tia Branca partiu. Remexendo seus pertences, seus sobrinhos netos encontraram um diário, onde a danadinha deixara registrada várias histórias. Foi o bastante para atiçar a nova geração de narradores orais a reviverem momentos mágicos através de histórias, contos e causos de tia Branca.

Com esse enredo a CIA Xekmat apresentará, em dois horários, um às 9h e outro às 14h, ambos no dia 08 de dezembro, quinta-feira, “Toró de Histórias”, no Palco Armazém da Estação Cultural da Fundação Romi. A exibição da peça é fruto da parceria com a Secretaria de Promoção, que trará cerca de 280 crianças e adolescentes atendidos nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Sobre a Cia Xekmat

Surgiu em 15 de outubro de 1990, da iniciativa dos arte-educadores Amauri de Oliveira e Roberto Isler, de formar uma companhia de teatro que fosse totalmente autossuficiente; com seus próprios textos, temas, linguagens e modos de atuação. Pensando principalmente na qualidade dos espetáculos apresentados e unindo sempre a educação e a cultura, criaram histórias alegres e inesquecíveis. Em seus anos de atuação mais de cinquenta espetáculos foram montados, entre adultos e infantis, em dezenas de cidades, incluindo a grande São Paulo. Participaram de projetos em mais de quatrocentos teatros, escolas, empresas, clubes, entidades e ONGs.

Apoio Fundação Romi  |  Realização Secretaria Municipal de Promoção Social  .  Prefeitura Municipal de Santa Bárbara d’Oeste

Informações: Estação Cultural, Av. Tiradentes, 02, centro, Santa Bárbara d´Oeste. 19.3455.4833. estacaocultural.org.br

ESTAÇÃO CULTURAL

Inaugurada em 2007, a Estação Cultural é resultado da revitalização da antiga estação ferroviária de Santa Bárbara d´Oeste pela Fundação Romi. A Estação Cultural é um lugar de encontros plurais e multiculturais, onde a comunidade pode aprimorar a sua percepção acerca da cultura local e regional, divulgar valores, trocar vivências, adquirir conhecimentos, experimentar emoções, elaborar pensamentos, tomar iniciativas e ajudar a constituir a identidade cultural da cidade e região. A Estação Cultural está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d´Oeste, SP. (19) 3455-4833. www.estacaocultural.org.br.

FUNDAÇÃO ROMI

Criada em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura. Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 30 mil pessoas por ano por meio de seus quatro grandes eixos: o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil (CEDIN), o Núcleo de Educação Integrada (NEI), Centro de Documentação Histórica (CEDOC) e a Estação Cultural (EC). Tendo como apoiadora a Indústrias Romi S.A., instituições governamentais e não governamentais e demais parceiros da iniciativa privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir maior número de beneficiários por meio de suas áreas de atuação, seus programas e projetos. Av. Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera – Santa Bárbara d’Oeste, SP. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.

Comentários

Dennis Moraes