“Todos Juntos Contra o Aedes Aegypti” já recolheu 8,5 toneladas de criadouros

 


A Campanha “Todos Juntos Contra o Aedes Aegypti”, promovida pela Prefeitura de Santa Bárbara d´Oeste em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, já recolheu aproximadamente 8,5 toneladas de criadouros. No sábado (7) os agentes de controle de endemias e agentes comunitários de saúde visitaram 1.050 imóveis, com orientações aos moradores e retirada de possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. A ação foi realizada nos bairros Nova Conquista, Santa Fé e Parque Zabani. Um caminhão esteve no local para transportar o material recolhido. No próximo sábado (14) o serviço será realizado no bairro Santa Rita, no período das 8 às 14 horas.

 

A campanha tem o objetivo de intensificar as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti no Município. “O mutirão aos sábados está sendo muito produtivo. Os agentes já levaram as orientações sobre medidas preventivas para aproximadamente 9,5 mil famílias. Além disso, muitos focos de mosquito e possíveis criadouros foram identificados e eliminados das residências”, destacou o chefe do setor de Controle de Endemias, Luiz Eduardo Chimello de Oliveira.

 

A Prefeitura segue diariamente ações de controle do vetor realizadas pelos agentes de controle de endemias, como as visitas domiciliares para inspeção e orientação à população quanto às medidas preventivas, bloqueio, controle e retirada de criadouros, nebulização e bloqueio de transmissão, visita a pontos estratégicos e imóveis especiais, busca ativa de suspeitos e atividades de informação, educação e comunicação à população. “A continuidade das ações de vistoria e eliminação dos criadouros de mosquitos nos meses mais frios é de suma importância, porque os ovos podem permanecer aderidos aos recipientes e viáveis por até dois anos. A manutenção das ações durante o inverno garante um verão com menos mosquitos”, completou Oliveira.

 

Todas as ações de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya são realizadas ininterruptamente durante todo o ano, que resultou na redução de 35% dos casos de dengue em 2015 em Santa Bárbara d’Oeste.

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas