Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Tenista Maria Sharapova anuncia aposentadoria após acúmulo de lesões

Foto divulgação

Tratamento serve como solução eficaz para acelerar a recuperação muscular de atletas

A tenista Maria Sharapova, de 32 anos de idade, anunciou na última quarta-feira, 26 de fevereiro, sua aposentadoria das quadras após ter acumulado recorrentes lesões. Na carreira, a russa foi vencedora de cinco torneios do Grand Slams, foi a número 1 do mundo, além de ser dona de 36 títulos e uma das atletas mais populares deste século.

Durante boa parte de sua jornada no tênis, Sharapova teve as lesões como seu maior adversário. Entre março de 2017 e setembro de 2019, a tenista enfrentou 13 lesões; o que atrapalhou a sequência de sua carreira no esporte.

Sua primeira preocupação foi em 2007 quando machucou o ombro direto, que foi operado duas vezes. Além desta lesão, foram adquiridas pelo menos mais dez lesões, passando por braço, cotovelo e chegando à coxa e tornozelo. A última contusão da tenista foi no ombro direito; o que acarretou em seu afastamento das quadras por quatro meses.

Diante dos desafios da medicina esportiva, que inclui tratamentos convencionais à base de medicamentos, fisioterapia, e até intervenções cirúrgicas, a LEDterapia surge como um método alternativo e eficaz no combate às lesões.

O Sportllux, dispositivo à base de LED da Cosmedical age acelerando a recuperação muscular de atletas profissionais e amadores, além de promover alívio da dor sem medicação. Através do procedimento de fotobiomodulação, a técnica emite ondas de luz de baixa frequência (vermelha e infravermelha), penetrando diretamente no tecido muscular e estimulado a micro-circulação da área exposta.

O angiologista Dr. Álvaro Pereira, idealizador do Sportllux, afirma que se a ex- tenista número 1 do mundo tivesse recorrido à LEDterapia, talvez conseguisse adiar sua aposentadoria. Segundo o especialista, quando ocorre a interação da luz LED com os tecidos do corpo há um aumento de ATP (energia) mitocondrial e óxido nítrico. “O ATP auxilia na contração muscular e atua no reparo tecidual das lesões em nervos periféricos, além de aliviar a dor e atrasar o aparecimento da fadiga muscular, podendo ainda ter uma ação protetora sobre o desenvolvimento de dores crônicas e aguda”, afirma o médico.

O dispositivo ainda é capaz de remover o ácido lático rapidamente, o que permite o aumento da performance durante os treinos e pode ser usado até mesmo em casa com sessões de 10 minutos no pré-treino e 20 minutos pós-treino.

“Sportllux funciona portanto, como um coadjuvante importante no processo de recuperação funcional e reequilíbrio muscular e articular. Suas respostas clínicas abrangem ainda a diminuição de edemas, cicatrização acelerada, além de prevenir danos que podem ser causados nos nervos e tecidos”, acrescenta Álvaro.

Dr. Álvaro Pereira – Formado na FMUSP em 1978, residência em Cirurgia Vascular no HCFMUSP, Doutorado em Cirurgia Vascular na Divisão de Bioengenharia do INCOR – HCFMUSP, pós-doutorado no B&H Hospital – Harvard.

 Cosmedical 
A Cosmedical atua com a alta tecnologia e a eficácia da fotobiomodulação por meio de LEDs, é referência em equipamentos home deviceEspecializada em oferecer tratamentos seguros e inovadores, desde terapia capilar à recuperação de musculatura pós esforço físico. Os dispositivos passam periodicamente por modificações e evoluções tecnológicas para atender cada vez mais públicos específicos, são testados e aprovados no Brasil e em diversos países. A empresa fabrica, comercializa e importa equipamentos para a saúde, desde 2008.

Comentários